Cerveja sem glúten: sim, isso existe! Confira

O que fazer quando uma pessoa que gosta de cerveja descobre ser celíaca? A doença celíaca é causada pela intolerância ao glúten, uma proteína encontrada no trigo, aveia, cevada, centeio e seus derivados, como massas, pizzas, bolos, pães, biscoitos, cerveja, uísque, vodka e alguns doces, provocando dificuldade do organismo de absorver os nutrientes dos alimentos, vitaminas, sais minerais e água. A opção é consumir cerveja sem glúten.

Sim, elas existem! E estão se desenvolvendo cada vez mais, seguindo a demanda crescente. No mundo, o número de celíacos não para de crescer. Somente no Brasil, os celíacos já somam mais de 2 milhões de pessoas, segundo a Acelbra (Associação dos Celíacos do Brasil). Isso para não falar das pessoas que praticam exercícios físicos e/ou fazem algum tipo de dieta que pede a retirada do glúten da alimentação.

No mercado brasileiro, já há algumas ótimas opções importadas de cervejas sem glúten. E recentemente foi lançada a primeira cerveja sem glúten fabricada no país – façanha realizada pela cervejaria Farrapos, localizada em Passo Fundo (RS), que produz a marca Lake Side Beer.

Feita de forma artesanal e apenas com água, malte, lúpulo e levedura em sua composição, a primeira cerveja sem glúten do Brasil é uma Lager, seguindo o estilo mais consumido no país. Para garantir os níveis de glúten residual abaixo de 6ppm (partes por milhão), a cerveja passa por um tratamento enzimático, tecnologia desenvolvida por Paulo Veit, sócio-proprietário da Lake Side Beer.

O tratamento que garante a cerveja sem glúten brasileira não altera as características originais da bebida, ou seja, em termos de cor, aroma e sabor ela mantém as mesmas características de uma Lager tradicional. “O processo faz apenas com que o corpo da cerveja seja reduzido o que, neste estilo, é muito bem-vindo”, garante Paulo. O processo usado é, inclusive, exclusivo e protegido por pedido internacional de patente.

A fábrica tem capacidade para produzir 30 mil litros de cerveja por mês e passou por um processo de descontaminação que levou quatro meses, garantindo a integridade do processo e segurança as pessoas que irão consumir a bebida. Para ampliar as opções, a cervejaria conta outros dois estilos de cerveja: a Malzbier, cerveja escura, com baixa graduação alcoólica, aromatizada com gianduia –  que confere toques de chocolate e avelã ao aroma; e a Crazy Rye, uma cerveja no estilo Rye Beer, com maltes de cevada e centeio, além de lúpulos australianos, criada em parceria com a Cervejaria F#%*ing Beer, de Curitiba (PR).

Conheça algumas cervejas glúten free disponíveis no mercado brasileiro:

Lake Side Beer

A Lake Side Beer Lager é a primeira cerveja sem glúten brasileira. E é artesanal! Produzida em Passo Fundo (RS), utiliza uma técnica desenvolvida pela própria cervejaria. Há hoje três opções disponíveis: Lager, Malzbier e Crazy Rye.lake side trio

Glutenberg

A cervejaria canadense também produz cerveja sem glúten e  tem 5 opções disponíveis: Blonde, American Pale Ale, Red, Belgian Double e India Pale Ale.glutenberg

Green’s

A cervejaria belga Green’s é uma das únicas no mundo a produzir exclusivamente cerveja sem glúten. Possui em sua linha cervejas com extração de glúten, como a Pilsener, único rótulo da marca disponível no Brasil no momento.greens pilsner

Estrella Damm Daura

A cervejaria espanhola Damm foi uma das primeiras a comercializar uma cerveja produzida com malte de cevada e redução do glúten. A Estrella Damm Daura é uma Lager muito parecida com as tradicionais do estilo.damm daura

Mongozo

A cerveja artesanal belga Mongozo Premium Pilsener é a primeira Lager do mundo produzida reunindo três características únicas: orgânica, Fairtrade (comércio justo) e sem glúten. A cervejaria utiliza malte de cevada orgânico, lúpulos orgânicos e arroz orgânico Fairtrade certificado!mongozo

 

Tássila

Fabricada pela Saint Beer, de Forquilhinha (SC), a Tássila é também uma boa opção artesanal nacional de cerveja sem glúten. Segundo o mestre cervejeiro Evandro Janovik, a cerveja é composta por malte de trigo do tipo Sarraceno, lúpulos de amargor e aroma, levedura de alta fermentação e álcool de cereais como complemento.

tassila-cerveja-sem-gluten

Curtiu o post? Use os botões abaixo e compartilhe com os amigos. Os celíacos merecem saber dessa!

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

4 comentários em “Cerveja sem glúten: sim, isso existe! Confira”

  1. Pingback: Estrela Damm Daura: cerveja com baixa concentração de glúten - BarDoCelso.com

  2. Pingback: Festival Brasileiro da Cerveja 2016 - parte 2 - BarDoCelso.com

  3. Pingback: Festival Brasileiro da Cerveja 2016: Mapa das Novidades - BarDoCelso.com

  4. Pingback: 12 cervejas para o amigo secreto - BarDoCelso.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *