Notícias

Cervejaria artesanal Wäls conquista medalha inédita para o Brasil

A cervejaria artesanal mineira Wäls conquistou na sexta-feira (11) a medalha de ouro do World Beer Cup, uma colocação inédita para o Brasil na competição, uma das mais conceituadas do mundo. O rótulo agraciado foi a Wäls Dubbel, cerveja belga escura com perfil maltado. A cervejaria ainda levou uma medalha de prata pela Wäls Quadruppel, uma interpretação de outro estilo de cerveja escura belga, mas maturada em carvalho francês embebido com cachaça mineira.

Cervejaria artesanal Wäls conquista medalha inédita para o Brasil

Os irmãos Tiago e José Felipe, sócios da Wäls, comemoram o prêmio no palco (Foto: Divulgação / Wäls)

Essa foi a 10º edição da premiação realiza pela Brewers Association bianualmente. Além das duas medalhas dessa cervejaria artesanal esse ano, apenas a Eisenbahn Dunkel (bronze em 2008), Antarctica (bronze em 1996 e prata em 1998) e Kronenbier (prata em 1998 na categoria sem álcool) conquistaram medalhas.

Esse ano a cerimônia foi no Hyatt Regency, em Denver (Colorado), nos Estados Unidos e teve nove juízes brasileiros entre os 219 jurados. Eles julgaram que analisaram 4.754 cervejas de 1.403 cervejarias de 58 países. O Brasil concorreu com 21 cervejarias que inscreveram 63 cervejas na competição. Foram premiados 94 estilos de cerveja (veja a lista completa de vencedores).

Cervejaria artesanal fazendo história

Cervejaria artesanal Wäls conquista medalha inédita para o Brasil

Logo após o anuncio oficial, os irmãos José Felipe e Tiago Carneiro, proprietários da cervejaria artesanal Wäls e que estão em meio a planos para exportar para os Estados Unidos, comemoraram pelas redes sociais. “Parabéns, Brasil, este prêmio é para vocês! Nunca na história deste mundo uma cervejaria Brasileira conquistou Ouro e Prata no World Beer Cup! Agradecemos a Deus e a toda a equipe da Wäls, que se mata pela cervejaria! Aos fãs, amigos, o nosso muito obrigado! Nossa Senhora, protetora com seu manto! Dubbel Ouro e Quadruppel Prata!! Muito felizes!!!!”

Após a premiação, blogs brasileiros como Bebendo Bem, All Beers e a revista Beer Art repercutiram o assunto. Segundo a Brewers Association, foram premiadas cervejas dos cinco continentes, sendo concedidos pelos juízes 281 do total possível de 282 troféus da competição. “O evento deste ano foi particularmente competitivo”, salientou a BA em sua análise. “A proporção de cervejarias premiadas foi de 18%, enquanto em 2012 foi de 27%. Houve 75,6% de aumento em cervejarias neste ano em comparação com 2012, que teve 799.”

Itália

Digno de nota também é a participação brasileira no 9º Italian Beer Festival, que aconteceu no final de março. As cervejarias Itajahy e Bierland voltaram com malas mais pesadas por conta dos prêmios. A Itajahy Porter ficou em 4º lugar e a Bierland Imperial Stout conquistou a 10ª colocação.

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Instagram

– Facebook

– Google+

– Twitter

– Foursquare

– YouTube

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

Leave a Reply