Artigos

Copos de cerveja: conheça os principais tipos e para que servem

By 25/08/2016abril 18th, 2020No Comments

Hoje inauguro minha coluna no BarDoCelso.com falando sobre copos de cerveja. Andei lendo bastante sobre isso. No começo me perguntava: Será que não é muita frescura? Beber cerveja é algo que deve ser simples. Curioso, comecei a entender que faz muito sentido existir um copo para cada tipo de cerveja, simplesmente por um dos fatos mais importantes da cultura cervejeira: a análise sensorial. Em um copo ideal de um determinado estilo de cerveja será possível apreciar melhor os aromas, cor e formação da espuma. Quer um exemplo? Cervejas do estilo Strong Ale ou Eisbock possuem teor alcoólico elevado, aroma e sabores complexos, por esses motivos o copo ideal é parecido com o de conhaque, chamado de Snifter ou Napoleón. Ele possui formato arredondado e a boca estreita com o objetivo de facilitar a identificação dos aromas da cerveja.

Fiz uma lista para conhecermos que copos são esses e qual cerveja combina melhor com eles. Antes disso, algumas curiosidades: Há 200 anos o pessoal da cerveja bebia em canecas de cerâmica, anulando a possibilidade de qualquer análise. O século XVIII ficou marcado no cenário cervejeiro, em especial na Boêmia – região da República Checa. Nessa época as taças e copos de vidro começaram a fazer parte do cotidiano de quem aprecia cerveja e valoriza a degustação. Vamos aos copos de cerveja:

 

Copos de Cerveja - TupilaTulipa: O nome do copo foi dado pelo fato de seu formato lembrar a flor tulipa. Apesar de parecer um pouco o cálice ele se diferencia em uma curvatura para fora responsável por aumentar o diâmetro da boca do copo. Isso faz com que os aromas da cerveja fiquem mais expostos. Serve bem para cervejas belgas, com espuma densa e cremosa, tais como Belgian Strong Ales, Saisons, Belgian Blond Ales.

ESTUDAR CERVEJA COPOS - TRAPISTTrapist: Possui boca larga se encaixando muito bem com cervejas frutadas e complexas. O nome remete aos mosteiros Trapistas que costumavam utilizar o copo. Estilos clássicos trapistas que vão bem nesse copo são Dubbel, Tripel e Quadruppel. Um dos copos de cervejas mais cobiçados, principalmente os que levam marcas famosas como La Trappe e Rochefort.
ESTUDAR CERVEJA - COPOS - FLUTEFlute: O formato longilíneo desse copo lembra uma flauta. A sugestão é leva-lo para degustar cervejas que utilizam o método champenoise na fabricação, que fazem ficarem semelhantes aos espumantes. Conhecidas também pelo estilo Bière Brut, elas possuem o perlage, que é a formação de bolhas que sobem como um cordão de pérolas. A altura diferenciada da Flute também faz com que a carbonatação da bebida dure mais tempo no copo. A brasileira Eisenbahn Lust e a belga DeuS são bons exemplos do estilo.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - SNIFTERSnifter ou Napóleon: Um copo para quem quer apreciar principalmente o aroma da cerveja. Seu formato arredondado com a boca estreita permite que o cervejeiro o envolva com a mão, aquecendo a bebida e facilitando a exalação dos aromas presentes. É recomendado para cervejas mais fortes e encorpadas do estilo Imperial Stouts ou Doppelbocks.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - WEIZENWeizen: Perfeito para os fãs da cerveja de trigo. É um copo grande, geralmente acima dos 500ml, sua altura ajuda a manter o belo colarinho que o estilo forma. É possível também admirar a cor e o corpo da cerveja. Prefira as garrafas de 500 ml, já que nesta opção será possível colocar todo o líquido.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - POKALPokal: Um dos copos de cerveja mais populares, ele é focado na estética que remete elegância e delicadeza. Propõe o cervejeiro observar a cor da cerveja e espuma. Na maioria deles, será fácil perceber a boca um pouco estreita, cuja principal função é reter aromas. Sugiro escolher cervejas carbonatadas, podem ser claras ou escuras, como nos estilos Bohemian Pilsner, German Pilsner, Rauchbier.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - STEMStem: Com a boca um pouco mais larga que as do tipo Pokal, a opção é boa para observar o corpo da cerveja. A inclinação ao longo do copo favorece a manutenção da espuma. Esse é um dos copos de cerveja indicado para Pilsners e Lagers no geral.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - GLOBETGlobet: Conhecido também como Cálice é uma opção que varia bastante na espessura das paredes e tamanho da haste. Sua boca estreita e o bojo fundo permitem que os aromas se desprendam com mais facilidade. As cervejas que combinam com este copo são as mais aromáticas e intensas, como do estilo Barley Wine ou Tripel.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - BOLLEKEBolleke: Trata-se de uma variação do Globet. O copo se diferencia do Cálice por possuir uma boca muito mais larga que tem como função aflorar os aromas da cerveja. Foi usado pela primeira vez em Antuérpia, na Bélgica, pela cervejaria De Koninck. Outra fabricante que costuma sugerir o copo para consumo é a Abadia Trapista Orval, localizada também na Bélgica.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - THISTLEThistle: Recebeu o nome em inspiração a uma planta exótica que se chama Thistle. Ela possui um bulbo elevado em sua base fazendo lembrar o formato da flor, e serve para você segurá-lo e aquecer um pouco a cerveja. É fácil de encontrar na Escócia, principalmente quando a cerveja for do estilo Scottish Ale. A boca larga deste copo tem como principal função exalar os aromas de cervejas mais complexas, como as do estilo Wee Heavy.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - SHAKERShaker: Aqui no Brasil conhecemos este copo como Caldereta. Ele existe em dois tamanhos: 350 ml e 210 ml. Os americanos costumam usá-lo nos brewpubs. Por aqui é comum acha-lo em bares no serviço de chope. É um modelo versátil, que atende tanto English Ales como American Ales menos complexas, e algumas IPAs. Tem um apelo mais visual, valoriza a cor e a formação de espuma.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - TUMBLERTumbler: Sempre que ouvir o nome deste copo lembrem-se que serão todos sem haste e de base plana. Um bom exemplo é o da cerveja Hoeggarden do belga Pierre Celis. É um copo pesado e que combina bem com cervejas do estilo Witbier, Lambic e Gueuze.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - AMERICANOAmericano: É uma variação do Tumbler. Um dos modelos mais tradicionais de boteco no Brasil. Possui um detalhe curioso importante de destacar: sua borda capaz de indicar o nível onde a espuma deve começar. É possível colocar 236 ml de cerveja, geralmente American Light Lagers.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - PINTPint: Muito utilizado na Inglaterra e Estados Unidos. Os cervejeiros não utilizam a palavra pint para se referir apenas pelo copo, mas também a cerveja em si. É comum entrar em um bar no Reino Unido e pedir por um pint, que contém 568 ml, ou meio pint, com 284 ml. O antigo costume fez com que o copo ganhasse esse nome. Ficou muito famoso através da marca Guinness. Hoje é bastante utilizado por bares que trabalham apenas com chopes de cervejas artesanais. Existe também uma variação deste copo: o Nonic. Trata-se de uma opção semelhante, porém com um relevo próximo ao copo responsável por impedir que seja facilmente derrubado.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - WILLYBECHERWillybecher: Pode-se afirmar que é um dos copos preferidos dos alemães, principalmente na região da Baviera. Os cervejeiros podem optar por três opções de tamanhos: 200, 500 e 300 ml. Possui cintura fina e boca arredondada. Cervejas do estilo Pilsner, Rauchbier e Vienna Lager são ideais. A opção também é famosa por servir cerveja Heineken.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - STANGEStange ou Stick: Dois nomes para um mesmo copo. Na Alemanha Stange e na Inglaterra Stick. Apesar de serem duas palavras diferentes, elas têm o mesmo significado: vareta. O nome entrega um pouco das características do copo, como sua altura elevada, finura e delicadeza. A opção foi pensada para casar com cervejas do estilo Kölsch e Altbier.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - LAGERLager: Um dos mais populares do Brasil depois do copo Americano. Geralmente utilizado com cervejas estilo Pilsen, pois garante observar bem a transparência e carbonatação do estilo. Possuem a boca mais larga se comparado com a base.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - BOTABota: Arrisco a dizer que é a opção mais divertida dentre os copos de cerveja. É bastante conhecido na Alemanha e Estados Unidos. Geralmente é usado em festas ou competições onde o principal objetivo é virar a cerveja sem derrubar a bebida.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - YARDYard: Mais um dos copos de cerveja divertido utilizado em festas e competições. O nome entrega facilmente como funciona o copo. Ele tem capacidade de uma jarda ou um litro de cerveja. Ele é utilizado nas competições de chope em metro, muito comuns em festas como a Oktoberfest. Contudo, esse da imagem é mais difundido pela cerveja belga Pauwel Kwak, num tamanho menor que os tradicionais, mas seguindo o mesmo design.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - MUGStein: Também chamado de Mug ou Caneco. Quem já teve o prazer de participar da Oktoberfest certamente irá reconhecer este copo. É usado em uma das principais festas cervejeiras do mundo, pois seu formato robusto aguenta bem o peso da cerveja. Existem versões que suportam até um litro de cerveja, chamadas de Mass pelos alemães, ideal para quem não quer ficar toda hora pegando a bebida. Na Europa alguns modelos são feitos artesanalmente e vendidos para turistas.

ESTUDAR CERVEJA - COPOS - SPIEGELAU

Copos da Spiegelau: Em 2014 a Spiegelau – empresa especializada na produção de copos de cristais para vinhos – lançou opções de cristal desenvolvidas especialmente para tomar cerveja. Os copos de cerveja projetados em parceria com cervejarias americanas como a Sierra Nevada, Dogfish Head, Rogue e Lefthand, impulsionam o aroma e ajudam na manutenção da carbonatação. São três estilos que irão combinar com determinado copo: Wheat Beer, Stout e IPA.

Essa foi a minha nova coluna aqui no BarDoCelso.com e para mim é motivo de alegria e comemoração. Sou formado em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Minha carreira profissional começou bem cedo, no segundo semestre da faculdade, na área de assessoria de imprensa. Durante quatro anos me dediquei em manter a boa imagem de cervejarias e ambientes cervejeiros, como Cerveja Duff, Mr. Beer Cervejas Especiais e Brasil Kirin. Recentemente, decidi conhecer um pouco o outro lado da moeda e hoje estou focado em proporcionar conhecimento aos leitores do blog.

ESTUDANDO CERVEJA - COPOS - RAFAEL

A ideia da coluna surgiu após uma de nossas reuniões. Percebemos que há tempos estou estudando cerveja e que vocês poderiam acompanhar meus estudos mais de perto. Fiz o curso introdutório no Instituto da Cerveja e em breve iniciarei o de sommelier. Enquanto não é possível, vou manter o foco em livros, vídeos e qualquer conteúdo que for do universo cervejeiro. No paralelo disso, estarei compartilhando minha rotina de estudos com vocês. Sugestões serão muito bem vindas, podem ser enviadas nos comentários ou pelo email bardocelso@gmail.com

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

Leave a Reply