Guest postsNotícias

Diretor da BrewDog quer levar cervejas de Curitiba para o exterior

[Olá, pessoal. Infelizmente não pude ir à inauguração do BrewDog Bar em São Paulo. Mas estive muito bem representado pela colega e amiga, a jornalista Giselle Hishida, hoje âncora da Band News TV e apreciadora de cervejas. Ela conversou com o pessoal de lá e pegou esse excelente furo, que você lê em primeira mão aqui no blog Bar do Celso. Se você também tem alguma contribuição que gostaria de ver publicada aqui, aproveite nosso espaço de guest posts. Envie um e-mail para a gente: [email protected].]

Duas cervejarias de Curitiba estão na mira da escocesa BrewDog para serem distribuídas em outros países já a partir deste ano. A declaração foi feita na terça-feira (21) pelo diretor internacional da marca, Neil Taylor, após conduzir uma degustação para jornalistas e convidados em evento fechado no novo bar da BrewDog em São Paulo, que está abrindo as portas para o público oficialmente nesta quarta-feira (22).

BrewDog Bar São Paulo

Taylor afirmou que pretende levar a curitibana Way Beer aos bares da BrewDog pelo mundo. “Ainda falta falar com os caras, mas nós queremos vender a Way nos nossos bares. Eu sei que eles estão fazendo boas cervejas e nós queremos ajudar vendendo o bom trabalho deles. Também tenho provado a Bodebrown e, talvez, possamos conversar sobre levar alguma cerveja deles também”.

A BrewDog tem 12 bares no Reino Unido, um em Estocolmo, na Suécia, e agora outro em São Paulo. A projeção é que, ainda neste ano, inaugure em Tókio, Berlim, Roma e Florença. A intenção, de acordo com Taylor, é levar barris em contêineres direto dos produtores para os pontos de venda, com o intuito de manter a qualidade e servir um produto fresco.

BrewDog em São Paulo

BrewDog Bar São Paulo

De acordo com Gilberto Tarantino, um dos sócios da unidade recém-inaugurada, serão oferecidos na capital paulista pelo menos seis rótulos de Curitiba: Bodebrown, Morada, DUM Cervejaria, De Bora, F#%*ing Beer e Way Beer. Esta última, inclusive, é a responsável por produzir a cerveja exclusiva do bar, uma Session Pale Ale batizada de Way Dog. “A galera de Curitiba é criativa. E é disso que a gente gosta”, conta o proprietário da importadora Tarantino, responsável por trazer os primeiros contêineres de BrewDog para o Brasil.

O cardápio do bar, localizado no bairro de Pinheiros, possui cervejas de diversas partes do Brasil e mais 24 cervejas da marca. “Fico feliz em encontrar, entre as nossas cervejas, uma que agrade a qualquer pessoa. Que entenda ou não da bebida”, diz Taylor.

BrewDog Bar São Paulo

Ele justifica os preços um pouco salgados do cardápio pela qualidade dos ingredientes utilizados, a falta de aditivos ou de conservantes, pelo modo que a bebida é trazida e armazenada (todo processo é refrigerado) e pela busca de novos sabores.

O menu conta com algumas opções de vinho e logo, de acordo com o diretor internacional, servirão drinks à base de cerveja. Para comer há poucas opções, mas tudo acompanha muito bem a cerveja. São basicamente porções de queijos, embutidos e hot dogs (entre R$ 18 e R$ 48). Há apenas duas sobremesas no cardápio. Todos os pedidos são feitos diretamente no balcão.

Confira abaixo alguns exemplos de preços:
– Punk IPA – R$ 18 (meio pint)
– Hardcore IPA – R$ 22 (meio pint)
– Electric India – R$ 25 (meio pint)
– Abstrakt AB:14 – R $95 (375 ml)
– Tokyo – R$ 55 (meio pint)

Serviço: BrewDog Bar. Rua dos Coropés, 41 – Pinheiros. Telefone: 11 3032-4007. Horário de funcionamento: Segunda a Quarta, das 18 a 1 hora. Quinta e Sexta das 18 às 2 horas. Sábado, das 12 às 2 horas. Domingo, das 18 às 24 horas. Facebook: https://www.facebook.com/brewdogsaopaulo

Gisele Hishida é jornalista, curitibana e âncora da Band News TV em São Paulo.

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Instagram

– Facebook

– Google+

– Twitter

– Foursquare

– YouTube

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

One Comment

Leave a Reply