Meu amigo Tulípio

Na minha última passagem por São Paulo conheci um cara divertidíssimo, apesar de meio plano. Ele é quarentão, um dos últimos autênticos boêmios da capital paulista, e tem a sabedoria que só anos de bar podem proporcionar.

O meu amigo Tulípio, criação de Eduardo Rodrigues (texto) e de Paulo Stocker (traço), é o protagonista de um dos melhores cartuns que eu vi nos últimos tempos.

Ultimamente ele tem aparecido nos bares por meio de uma revistinha com uns 14 cartuns e uma crônica de um convidado. Além disso, ele é uma das atrações humorísticas do canal fechado para bares Cine Boteco. Não há como negar, esse cara tá em todas.

Você não conhece o Tulípio? Olha, a forma mais fácil de achar a figura é procurando no boteco virtual dele. Vale a pena conferir.

4 comentários em “Meu amigo Tulípio”

  1. Longe de mim querer ser chata… mas tem uns errinhos de digitação e você comeu umas palavras…

    Como sou frequentadora diária do bar creio que tenho liberdade para falar… hehehehe
    Beijo

  2. eduardo rodrigues

    Olá Celso. Não conhecia teu blog, rapaz. Cheguei aqui via “Bares e Futilidades” do Edu. Bem bacana o ambiente. Já coloquei nos meu favoritos. Valeu a força na divulgação de nosso personagem. Forte abraço. Edu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *