Notícias

Para ir a dois: Zapata Centro Cívico

Pedro Serápio/Gazeta do Povo
Vai sair acompanhado? O Zapata Centro Cívico pode ser uma ótima opção

Já conhecia o bar Zapata do Centro Cívico, mas não lembrava o quanto o ambiente é interessante em dias mais tranquilos para casais – diferente do Zapata Batel, que é mais “balada”. Estive lá na quinta-feira (22) com vários amigos, mas não pude deixar de imaginar o quão agradável seria numa situação mais, digamos, intimista.

Acho que uma boa noite dessas deve ter, principalmente, um ambienta agradável e sossegado, para não se incomodar. O Zapata tem um clima envelhecido, decoração ao estilo mexicano (claro!), uma luz meio âmbar que realça o romantismo. Bastante espaçoso, com mesas bem distribuídas, não há necessidade de cochichar para não ser ouvido pelo “vizinho” de salão.

Outra vantagem para uma noite assim é, com certeza, o cardápio. Uma grande variedade de pratos e petiscos, alguns feitos sobre medida para servir duas pessoas. Estava meio sem fome no dia, experimentei uns Taquitos, mas também há Tacos, Nachos, Enchilladas, Fajitas e muito mais. Os preços estão na média de bares sofisticados, mas não são nenhum absurdo.

E respeita a classificação das pimentas. Ao lado de alguns pratos, há uma, duas ou três pimentas desenhadas que indicam o quão picante ele é. Acredite, três pimentas e realmente quente.

Bebidas

Outra coisa que me chamou a atenção, e não pode faltar nessas ocasiões, são boas bebidas. Há diversas. Desde lindos drinks (como os clássicos Marguerita e Mojito), passando pelos vinhos até as tequilas, muitas tequilas (José Cuervo, 1800, e tantas outras que nem lembro o nome). Inclusive, no local há um clube da tequila. Funciona assim: você compra a garrafa, não precisa beber toda de uma vez e nem levar para casa. Ela fica lá, guardada em seu nome, e você passa a não enfrentar fila das próximas vezes que for ao bar e ganha desconto na compra das demais garrafas.

As cervejas são as comerciais de sempre (nem tudo é perfeito). Há chope Sol e Heineken, garrafas e long necks (vale menção a mexicana Dos Equis).

Enfim, tudo para sua noite a dois dar certo. Agora só falta você saber o que fazer com tudo isso.

Acesso Zero

Fui ao bar convidado pelo pessoal do Acesso Zero juntamente com outros blogueiros, em uma ação chamada Circuito Acesso Zero (#circuitoacessozero no twitter). Para quem não conhece, trata-se de um site que indica estabelecimentos e oferece promoções, principalmente por meio de tickets de desconto que você pode ganhar respondendo um ou outro Quiz.

Interessante que quem classifica e dá destaque aos bares e restaurantes é o próprio consumidor, por meio de avaliações. Você também pode indicar o seu preferido, montar seu perfil e interagir com outros consumidores como em uma rede social. Vale uma passada lá. Quem sabe você ganha.O site também tem twitter, assim como eu (me segue lá!).

Falando em redes sociais, você já é fã da página do Bar do Celso no Facebook? Então, vai lá. E tem comunidade no Orkut também, pra quem gosta.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

8 Comments

  • antoio disse:

    Eu conheço o Zapata do Centro Cívico. Porém, como nao deixar de comentar os valores praticados alí: paga-se R$ 25,00 para acessar o ambiente. Depois, um simples chopp de marca Sol (que é um chopp muito comum) R$ 6,00. Depois, uma pequena porçao de um molho qualquer R$ 3,50. E ao final de tudo, paga-se couvert, que na realidade,é um trio de pseudo-mexicanos tocando no ouvido das pessoas um instrumento sei-la-o-que, menos música.Ah, mas 10% para o garçons.Se der azar e for servido por 2 garçons aí

  • Celso disse:

    Olá, Antonio. Obrigado pela contribuição. Entendo suas reclamações sobre os preços altos. Estão anotadas aqui. Vou encaminhar para o pessoal do bar. Se houver resposta, publico aqui.

  • Bruno disse:

    Eu nunca mais irei ao Zapata. Os preços são absurdos. A Música é uma porcaria: o trio mexicano chega a ser insuportável e duas vezes o pessoal da minha mesa reclamou de guspidelas enquanto eles gritavam nos nossos ouvidos.

    É um dos piores lugares que eu já fui. Onde os garçons são antipaticos, tudo é caro, os nachos são ruins e a comida demora 45min para chegar.

    Quando fui, não quis pagar os 10%. E quase levei um esporro do gerente. Paguei para nao gerar confusão.

    Péssimo bar!

  • Rafal Alves disse:

    O acessozero é demais, entrem! E o Zapata é sempre muito bom!

  • James disse:

    Eu ficaria na minha, mas já que todos estão reclamando dos preços…

    Já fui no Zapata C. Cívico uma vez (em casal!). O ambiente é bem agradável, como comentado, e nessa única vez fui bem atendido. Mas os preços são fora da casinha. Comida mexicana (pelo menos como é servida) não é nada refinada, ingredientes são relativamente baratos. Não tem porque os preços serem daquele jeito.

  • Celso disse:

    Gente, obrigado pelas contribuições. Esse espaço é justamente para isso. Levarei as reclamações para o pessoal do Zapata. Acho que eles tem que ouvir o que vocês tem a dizer. E, principalmente, obrigado pelo respeito que estão demonstrando em relação a esse espaço e ao bar. Reclamar, pode, mas com respeito. Valeu!

  • Anderson disse:

    Ja fui, precos absurdos!!! lugar que nao volto mais, se come muito melhor por muito menos em curitiba…

  • Almir Junior disse:

    Tive o desprazer de ir ao Zapata, infelismente muita propaganda e nada de mais, péssimo atendimento, comida regular…e regulada (porções minúsculas), desculpem-me a comparaçao mas mexicano mesmo é o Taco, e claro fica o protesto de ter que pagar “entrada” para nada, nenhum show, nada de diferente que valha pagar este algo a mais, pq afinal vc irá consumir la dentro, quem frequenta um bar deste padrão não vai la pra pedir uma cerveja e ficar a noite toda enrolando..abraços Celso.

Leave a Reply