Trabalhos realizados

Pequenas americanas e novas alemãs

By 13/02/2014abril 18th, 2020No Comments

[Texto originalmente publicado na coluna Bar do Celso, que saiu nesta quinta-feira (13) na revista Bom Gourmet, suplemento gastronômico da Gazeta do Povo.]

pequenas-americanas-alemas

O mercado de cervejas importadas não para de crescer no Brasil. As empresas buscam no exterior, normalmente, marcas de renome e qualidade que estejam interessadas em exportar. No entanto, com o aumento de volume também vem uma maior variedade, com alternativas às marcas mais tradicionais, ótimos rótulos, curiosidades e novos conceitos.

A nova cara das cervejarias alemãs, por exemplo, é um conceito que foi bem trabalhado pela importadora Marcomannæ. São cervejarias mais modernas, por vezes inovadoras, que estão fugindo da imagem “quadrada” que muitas vezes é associada a essa tradição cervejeira. Ainda no fim do ano passado, foi anunciado o lançamento de rótulos da Alemanha, Áustria e Suíça das marcas Unertl, Camba, Gusswerk, Schutzengarten, Andechs, Tettnanger e Braufactum.

Destaco a Tettnanger Keller Pils, por seu frescor e qualidade; a Gusswerk Steinbier, possivelmente a primeira feita nesse método no Brasil – fabricada por meio do aquecimento fornecido por pedras quentes –; e também os rótulos da aclamada Braufactum, como a Indra Weizen IPA, ótima cerveja danova geração, apesar do preço alto.

Da Terra do Tio Sam

Nos Estados Unidos, não há só grandes microcervejarias. Aliás, essas são minorias. Existem muitas micros micro, com o perdão do trocadilho. A importadora Beers on The Table apostou nelas e trouxe uma seleção bacana para o país das marcas Moylan’s, Eel River, Lost Coast Brewing e Black Diamond Brewing. Meu destaque vai para a Moylan’s Danny’s Irish Style Red Ale, estilo pouco explorado no Brasil, que aqui tem uma ótima representante, mais encorpada e imponente.

Paranaenses

Fugindo um pouco das importações e falando de distribuição, um dos destaques ainda do fim de 2013 foi a chegada de cervejarias paranaenses ao mercado de São Paulo por meio da Liga das Cervejas Extraordinárias. Agora mais partes do país poderão ter acesso às belas cervejas feitas no estado das marcas DUM Cervejaria, Gauden Bier, Pagan, Morada Cia Etílica, Tormenta e F#%*ing Beer, essas últimas duas últimas recém-lançadas.

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Instagram

– Facebook

– Google+

– Twitter

– Foursquare

– YouTube

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

Leave a Reply