Sem categoria

A nova Amy Winehouse?

Já ouviu Adele? Não? Bem, até esta tarde, nem eu. Fuçando pela internet, cheguei a uma matéria que dizia ser ela a nova Amy Winehouse. Sem dúvida há semelhanças. Ambas são britânicas, têm carreiras precoces (Amy tem 23 e Adele apenas 19), se destacaram no Brit Awards e são consideradas brancas de alma negra (tanto pela dosagem de soul em suas músicas quanto pelo timbre de voz).

Como se não bastasse tudo isso, as duas são formadas pela Brit School for Performing Arts em Croydon e cantam sobre o mesmo tipo de tema, na maior parte das vezes: relacionamentos frustrados, mal-resolvidos e acabados. Além disso, claro, fazem pop.

Mas há diferenças significativas, principalmente na personalidade e na música. Amy parece uma bomba-relógio, que os tablóides de Londres estão só esperando explodir. Adele é mais meiga –dizer fofa seria maldade?–, mais tranqüila. O som de Amy é mais rústico, viceral, enquanto Adele aposta mais na melodia, arrajos, voz.

Aqui, que fique claro, não estou fazendo nenhum juízo de valor. As duas são muito boas no que fazem, e gosto de ambas. Quero apenas enfatizar que a semelhanças são muito mais de contexto do que na música. Ouvi algumas faixas do Álbum “19”, de Adele, no MySpace, e não encontrei muita Amy, se é que me entendem. Para tirar a dúvida, voltei a ouvir Amy, em seu canal no MySpace, e não achei Adele. Está bem, um pouco nas músicas do primeiro Álbum, “Frank”, de 2003. Mais nada no premiadíssimo com cinco Gramys “Back to Black”.

Portanto, não tenho como concordar que Adele é a nova Amy. Parece que os britânicos estão com medo é de perder o posto no Gramy, e estão substituindo antecipadamente algo que, parece, pode quebrar a qualquer momento por algo de qualidade, verdade, e muito mais confiável, temos que admitir. Será muita teoria da conspiração? Bem, comparem a música “Back to Black” e “Chasing Pavements” ou, melhor ainda, “Rehab” e “Could Shoulder” no MySpace e me contem o que acham.

Ah, se você quer saber mais sobre Amy, além de ver o noticiário de fofocas do dia, pode ler esse excelente artigo. De Adele tem esse outro aqui. Se quiser comprar CDs, compare os preços de “Frank”, “Back to Black” e “19” no BuscaPé. Se você acha que falar disso não tem nada a ver com papo de bar, me mande para aquele lugar nos comentários.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

2 Comments

Leave a Reply