Artigos

Bodebrown deve fazer cerveja até na Ásia; antecipamos novidades da cervejaria para 2015

By 04/03/2015abril 18th, 2020No Comments

Durante o evento de lançamento da St. Arnould na sede da Bodebrown, em Curitiba, a enviada especial do BarDoCelso.com, Ghenifer Morais, entrevistou Samuel Cavalcanti, sócio-proprietário da cervejaria e descobriu algumas novidades e lançamentos planejados para 2015.

Bodebrown deve fazer cerveja até na Ásia; antecipamos novidades da cervejaria para 2015

A pergunta foi uma só, mas a resposta foi longa – ao melhor estilo do Samuel, que nos fez a gentileza de dar essas informações. Por todos os assuntos levantados, o ano promete ser bastante movimentado, com parcerias internacionais e nacionais, cervejas históricas e muito mais. Confira o resumo da entrevista em tópicos abaixo:

Parcerias Internacionais

Um dos projetos que promete ser bastante interessante é uma viagem dos cervejeiro da Bodebrown pela Ásia. Segundo Samuel, há brassagens marcadas em Bali (Indonésia), em Phuket (Tailandia), Beijing, Xangai, Hong Kong e Taiwan (China), com possíveis parcerias de outras cervejarias brasileiras “Nossa ideia é levar um pouco do sangue latino, esse blend europeu e latino, essa coisa afro-beat, que dá swing e que eu acho importante compartilhar. Nós aqui da América do Sul temos uma pegada diferente principalmente da Ásia.” No entanto, ele não revelou quais.

Essas novas cervejas colaborativas vem a somar ao logo currículo de parcerias da Bodebrown, que já fez a famosa Cacau IPA, em parceria com o Greg Koch, da Stone Brewing Co; Hop Bock, com a Hargreaves Hill Brewing Co, em Melbourne na Australia; Cutiriba Pale Ale, em parceria com a inglesa Adnams Southwold; Wee Heavy, com a escocesa Caledonian Brewery; Summer IPA, com a italiana Doppio Malto; e Atomga Imperial Stout, com cervejeiros norte-americanos Chris Kirk e Joyce Tyler (ex-Great Divide).

Além disso, Samuel diz que há ainda um projeto semelhante para o 2°semestre de 2015 onde a rota é os Estados Unidos. No final do ano ou começo de 2016 também deverá haver uma brassagem de uma cerveja colaborativa na inauguração da fábrica da Stone Brewing Co. em Berlin, na Alemanha, afirma o cervejeiro.

Importações

Mas será que devemos ter esperança de ver as cervejas feitas pela Bodebrown lá fora aqui em terras tupiniquins? Sim, diz Samuel. A Curitiba Pale Ale deve chegar ao país em breve. Segundo o cervejeiro serão aproximadamente 45 mil garrafas de 330 ml que serão vendidas e distribuídas nos bares e restaurantes; 10 mil garrafas de 500 ml que possivelmente serão vendidas em caixas com 6 ou 12 unidades pelo site da cervejaria; e 100 barris descartáveis de 30 litros que serão distribuídos em bares. Samuel também conta que a arte do rótulo será diferente aqui no Brasil e foi criada pela agencia Taste, de Curitiba.

Outra das cervejas que deve vir em breve para cá é a Summer IPA feita em parceria com a italiana Doppio Malto. Mas ainda não há data certa.

Atomga com cerejas em garrafa

É isso mesmo. A receita colaborativa Atomga Imperial Stout deve ser engarrafada em breve, de acordo com Samuel. A receita foi reformulada e deve incluir agora adição de cerejas chilenas. Ainda não há data para o lançamento.

Resgates Culturais

Após dois anos de pesquisa e estudos, a St. Arnould 6 ganhou forma e vem sendo saboreada pelos apaixonados por cerveja artesanal. Inspirada em um projeto de cervejas belgas de abadia, essa cerveja de 7% ABV é a segunda desse tipo lançada pela Bodebrown – anteriormente foi a St. Arnould 8. Segundo Samuel a sequência não deve parar por aí e vai haver ainda a St. Arnould 10. Leveduras, maltes especiais e processos o mais próximos possível da cultura belga estão em planos para fazer dessa ideia um verdadeiro resgate das cervejas de mosteiros.

Outra novidade que segue a linha resgate cultural é o projeto da Gratzer Polska, uma cerveja típica da Polônia que será apresentada no Festival da Cerveja em Blumenau. É uma cerveja com 100% malte de trigo defumado e lúpulo Saaz. Com 3,5% ABV, possui amargor relativamente baixo e um alto drinkability.

Para comemorar esse lançamento, existe ainda um projeto de uma festa polonesa na Bodebrown. “É um presente que será dado a Curitiba, pois aqui se encontra a 2° maior colônia de poloneses do mundo, perdendo apenas para Chicago nos EUA”, diz o cervejeiro.

Wood Aged Series

Após o lançamento da Double Perigosa envelhecida em barril de Cabernet Sauvignon, e da Wee Heavy envelhecida em dornas de amburana da cachaçaria Weber Hauss, chegou a vez da Tripel Montfort Merlot Barrel. Além das já lançadas, ainda existem projetos para mais três cervejas da série. Hoje a Bodebrown tem em reservas de barril aproximadamente 6 mil litros de cervejas sendo envelhecidas.

Parcerias Nacionais

A Cervejaria Bodebrown, Amazon Beer e DeBora Bier, criaram a Cupulate Porter. Com lançamento também previsto para o Festival Brasileiro da Cerveja, esta colaborativa recebe adição de Cupulate da Amazônia – espécie de chocolate feito com semente de cupuaçu no lugar do tradicional cacau.

O toque de Cupulate dá o aroma de chocolate fino com as características de maltes torrados e caramelados, com uma cor escura e complexidade no sabor. Registrado no Brasil pela Embrapa em 1990, o Cupulate possui muitas semelhanças com o chocolate em textura e sabor, com aroma mais intenso.

Growler Day e Cursos

Aos sábados, acontece na loja-fábrica o Growler Day: algumas cervejas são disponibilizadas para o abastecimento do casco reaproveitável de vidro (o growler). “O growler é uma ferramenta que surgiu na Europa e nós da Bodebrown gostamos muito, pois é um conceito onde você é o dono da sua embalagem, é algo sustentável.” Acontece ainda a venda de pães artesanais de fermentação natural, fabricados por Rene Eugênio Seifert Jr.

O calendário para os curso da Cervejaria Escola Bodebrown será divulgado ao longo do ano. Os cursos básicos serão ministrados por Edigyl Pupo, cervejeiro da DeBora Bier, e os cursos avançados por André Junqueira, da Morada Cia Etílica.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

Leave a Reply