Cervejas “do mal” para sexta-feira 13 e afins

Divulgação
Alguns exemplos das cervejas malvadas para apreciar numa sexta-feira 13

Para muitos, sexta-feira 13 é dia para se benzer, tirar os amuletos do armário e fugir do gato preto. Outros, são indiferentes. Mas há quem adore essa data, com um gostinho pelo horror e terror. Para esses, montei em parceria com seguidores do Twitter e da Fan Page do Bar do Celso uma lista com as melhores cervejas “do mal”, capazes de fazer Zé do Caixão se assustar.

O método foi simples, e não é qualquer eleição. Pedi no Twitter e no Facebook sugestões de boas cervejas para “harmonizar” com a data. Depois, montei uma enquete com as sugestões para serem votadas na página do Bar do Celso.

Vou elencar aqui várias sugestões, coletadas até 15h30 desta sexta-feira (13), sem compromisso sério com descrições. É apenas para vocês terem referência do que apreciar hoje e em dias tão sombrios quanto.

Perigosa

A cerveja mais votada foi a paranaense Perigosa, da cervejaria BodeBrown. É uma Imperial IPA, ou Double Ipa, extremamente amarga. Na escala internacional de amargor, supera os 100 pontos. Coisa de arrepiar quem não está acostumado. Seu nome original era Venenosa. É fazer Jason parecer uma menininha no parque de diversões.

Diabólica

A mítica cerveja Curitiba que voltou ao mercado em formato de chope no início desse ano ainda chama a atenção por aí. Uma típica English IPA, que sempre teve ao seu entorno o pessoal “do mal”. Foi lançada em um Psycho Carnival e corre o circuito underground da capital paranaense como grande estrela. Estrela negra, é claro.

Cerveja Sangrenta APA

Cerveja artesanal daqui de Curitiba. Confesso que nunca experimentei, mas ela tem alguns fãs nos sites de redes sociais que colocaram a American Pale Ale entre as mais votadas. Só pelo nome, acho que já vale estar por aqui.

De Bora Extreme IPA

Criação do campeão Edigyl Pupo, de Imbituva, na região dos Campos Gerais do Paraná. Ele foi vencedor do concurso nacional das Acervas – associações de cervejeiros artesanais – em 2008 com a Poderosa IPA. A extreme é a versão mais “hard core” ainda da campeã. Vai na linha das cervejas extremas. Quase licorosa, tem sabor bastante amargo, mas equilibrado.

Belzebuth 13%

Com graduação alcoólica de 13% ABV, a francesa Belzebuth aparece com alguns votos na lista. Trata-se de uma Strong Golden Ale bem alcoólica, de cor âmbar, com notas de malte e caramelo, segundo a descrição comercial. Já coloquei na lista, e pretendo experimentar o quanto antes.

La Bière du Demon

Também um Strong Golden Ale bastante alcoólica (12% ABV), é do tipo que acorda até mesmo Fred Kruger. De corpo médio, pouco carbonatada e quase sem espuma, provoca uma sensação intensa de aquecimento. Coloração âmbar e gosto de caramelo.

Duvel

Famosa cerveja belga, a Duvel também é uma Strong Golden Ale. No entanto, nada de álcool ao extremo – mesmo assim seu teor alcoólico é alto, com 8,5% ABV. Uma das características mais demoníacas dela é o aroma de enxofre. Claro, não é tão forte a ponto de ser desagradável. Mas está lá. E é típico dela. Uma bela espuma e a coloração dourada completam o pacote. A propósito, Duvel, vem do flamenco, e que dizer demônio.

Cerveja Vilã – Malévola

Essa eu também não conheço, mas é mais famosa em Belo Horizonte, onde é fabricada a Cerveja Vilã, do Armando Fontes. A Malévola é uma Strong Dark Ale e, portanto, escura. Julgando por quem votou, deve ser uma baita cerveja. Estou ansioso para ser apresentado à essa malvada.

Outras cervejas que apareceram, mas não pontuaram na enquete.

– Unibroue Maldite – Strong Golden Ale
– Lúcifer – Strong Golden Ale
– Lúcifer Het Anker – Strong Golden Ale
– Sepultura Weiss – Weizenbier

E para você, qual a cerveja que mais combina com sexta-feira 13? Comente

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Twitter: http://twitter.com/bardocelso

– Facebook: http://www.facebook.com/bardocelso

– Foursquare: http://foursquare.com/bardocelso

– YouTube: http://www.youtube.com/bardocelso

– Orkut: Comunidade eu frequento o Bar do Celso

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas. Leia mais sobre ele aqui e conheça oClube BarDoCelso.com aqui.

4 comentários em “Cervejas “do mal” para sexta-feira 13 e afins”

  1. Douglas Carvalho

    Perigosa
    A cerveja mais votada foi a paraense Perigosa, da cervejaria BodeBrown.
    PÔ CELSO, PARAENSE NÃO… PELAMORDEDEUS….
    PARANAENSE…. MUITO PARANAENSE (com o toque Pernambucano do Samuel..rs)

  2. Douglas Carvalho

    rsrsrs… se preocupa não velinho… tudo certo….
    A propósito… pra salvar essa sexta-feira (que está sendo uma legítima terça) é bom que o pessoal tenha deixado uma Perigosa reservada pra mim em algum lugar… logo saio do trabalho e vou passar pra buscar a minha num dos nossos queridos bares.. abraços.

  3. Já tomei a La Bière du Demon, mas ao contrário do que diz o texto, eu capotei.
    Mas é porque sou fraco pra beber mesmo =P

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *