Paranaenses ganham 4 medalhas na “Copa Sul-Americana de Cervejas”

Divulgação/South Beer Cup
Logos de algumas das cervejarias que participaram da primeira edição do South Beer Cup, na Argentina

O Paraná e o Brasil se destacaram no South Beer Cup, um concurso que é como a “Copa Sul-Americana das cervejas”. As cervejas paranaenses ganharam quatro medalhas: prata para os estilos Dry Stout e Old Ale da Cervejaria Escola Bodebrown, bronze para a Eisenbahn São Sebá – uma cerveja de receita paranaense, vale lembrar – e outra de bronze para a Weizenbier da Cervejaria Bier Hoff. Os ganhadores dessa primeira edição do concurso, que aconteceu em Buenos Aires, na Argentina, foram divulgados no sábado (14).

Pela página do Bar do Celso no Facebook, Samuel Cavalcanti, proprietário da Bodebrown, que está no exterior, disse que foi pego de surpresa com a premiação. “Francamente não imaginávamos que seriamos agraciados com duas pratas, para Dry Stout e Old Ale. Bem, o Paraná aos poucos esta amadurecendo. Parabéns a todos envolvidos nesta causa. Cervejeiros. Sempre!”.

Balanço geral

As cervejarias dos nossos “hermanos” foram as grandes campeãs, com 21 medalhas ao todo. No entanto, eles estavam em maioria: 49 fabricantes inscritos. O Brasil foi muito bem, somando 14 medalhas e o prêmio de Cervejaria do Ano, para a Bamberg, de Votorantin, no interior de São Paulo. Nós tínhamos apenas 13 fabricantes na competição. O Uruguai ganhou três medalhas, o Chile uma e a Colômbia foi a lanterninha com zero. Ao todo, participaram 80 cervejarias desses cinco países.

A cervejaria que mais ganhou prêmios foi a argentina Antares – que deve chegar ao país em breve –, com cinco medalhas, sendo duas de prata (nas categorias Amber ou Red Ale e Cerveja de Mel) e três de bronze (Kolsh, Imperial Stout e Porter). Bem perto dela, ficou a nossa Bamberg, com quatro de prata (Cerveja Defumada, Dunkel, Scharwzbier e Munich). Mas se considerarmos uma contagem como nas olimpíadas, o Brasil ficaria na frente…

Entre as brasileiras premiadas também estão Eisenbahn (prata na categoria Golden Ale ou Blod Ale e Dunkel, além do bronze na Belgian Dark Ale com a São Sebá), a já citada Bodebrown, Baden Baden (ouro na categoria Cerveja Especial, com a Golden, e prata na Cerveja de Trigo), Bier Hoff, Colorado (bronze na categoria Pilsen) e Backer (bronze na India Pale Ale).

O cálculo aqui não inclui as nove Menções Honrosas, que também foram distribuídas. Apenas uma veio para o Brasil, com a Baden Baden Golden na categoria Cerveja Especial.

Como funciona

O concurso é inspirado nos grandes torneios mundiais de cerveja, como European Beer Star, que acontece Alemanha, e World Beer Cup, que ocorre nos Estados Unidos. As cervejas são premiadas conforme suas qualidades, avalidas por jurados treinados em análise sensorial de cervejas e às cegas. Não necessariamente cada categoria tem que distribuir as três medalhas. Das 22 categorias do South Beer Cup, apenas quatro tiveram cervejas premiadas com o ouro. Da mesma forma, uma mesma categoria pode ter mais de um premiado com a mesma medalha, como ocorreu com a Dunkel, que premiou as brasileiras Eisenbahn e Bamberg.

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Twitter: http://twitter.com/bardocelso

– Facebook: http://www.facebook.com/bardocelso

– Foursquare: http://foursquare.com/bardocelso

– YouTube: http://www.youtube.com/bardocelso

– Orkut: Comunidade eu frequento o Bar do Celso

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas. Leia mais sobre ele aqui e conheça oClube BarDoCelso.com aqui.

4 comentários em “Paranaenses ganham 4 medalhas na “Copa Sul-Americana de Cervejas””

  1. Douglas Carvalho

    As “nossas” Bodebrown, São Sebá e Bier Hoff, bem como todas as demais brasileiras no concurso, estão mais do que de parabéns. São representantes desse movimento para melhorar e divulgar a qualidade cervejeira do Brasil e vem consistentemente nos agraciando com cervejas espetaculares, que se igualam às melhores do mundo.
    Para mim, merecem sempre a medalha de ouro!

  2. Carlos De Manuel

    Grande Celso, valeu o reconhecimento e espalhar a notícia – inclusive nós ficamos sabendo da medalha para a São Sebá pelo seu twitter hehe. Sempre em primeira mão valorizando a produção paranaense da maneira mais abrangente posível. Parabéns a todos no Paraná e no Brasil que estão encabeçando o crescimento desse sensacional mercado!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *