Maibock: as cervejas ideais para provar em maio

Na história da cerveja, o clima foi muito influente, assim como as estações do ano. Há diversos estilos criados em razão da sazonalidade anual. Enquanto no inverno a produção da cerveja era facilitada pelo frio e até mesmo a disponibilidade de gelo, por exemplo, o calor e o verão sempre foram problemáticos – justamente quando mais precisamos nos refrescar. E foi assim até a invenção da refrigeração artificial em meados do século 19.
Na Alemanha, houve até decreto proibindo a fabricação de cervejas durante o verão – o que de certa forma foi o fato responsável pela mutação da levedura e criação das cervejas da família Lager. Também por isso foi criado o estilo Marzenbier, a cerveja de março, mais forte em razão da alta carga de matérias-primas usada para esvaziar os estoques antes da cervejaria fechar até o outono. Outro exemplo foi a IPA, tão popular hoje em dia, tinha que ser transportada da Inglaterra para a Índia porque a colônia britânica era muito quente para produzir cerveja. E por aí vai…
c3
Cathedral Helles Bock Estilo: Maibock Embalagem: 500 ml Teor Alcoólico: 6,7% Origem: Maringá – PR Preço:  R$ 19,90 a R$ 26,50
Leia a íntegra da coluna Bar do Celso sobre As Cervejas Ideais para Provar em Maio no Bom Gourmet, suplemento gastronômico da Gazeta do Povo. A publicação circula encartada no jornal todas as segundas quinta-feiras do mês.

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas. Leia mais sobre ele aqui e conheça oClube BarDoCelso.com aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *