Trabalhos realizadosVídeos

O inverno pede uma cerveja Bock (coluna Bar do Celso e CervejaCast 14)

By 21/07/2011abril 18th, 202015 Comments

[Olá, pessoal. Abaixo, a coluna Bar do Celso, publicada na revista Bom Gourmet nesta quinta-feira (21). O suplemento de gastronomia da Gazeta do Povo sai encartado no jornal toda a terceira quinta-feira do mês. Junto com a coluna de julho, vai o CervejaCast 14, no qual entrevistei o chef Luiz Pacheco e a Juliana Stavnetchei, sócios do Saaz Bier Bar, de Curitiba, sobre as Bocks. Também fizemos uma deliciosa experiência de harmonização. Espero que gostem.]

Dentre os muitos estilos de cerveja, o Bock é um dos mais associados ao inverno. Antes de tudo, cabe desfazer o mito. Ele não precisa ser aproveitado somente na estação mais fria do ano. Trata-se de um tipo bastante agradável em qualquer época, conforme o gosto do “freguês”. Mas o sabor muitas vezes adocicado e o teor alcoólico mais alto fazem dele uma ótima pedida para dias frios.

O estilo Bock é da família de cervejas de baixa fermentação, as Lagers, e nasceu na cidade de Einbeck, na Alemanha. O nome também quer dizer cabrito ou bode, animais que ainda estão frequentemente associados à cerveja e presentes em vários rótulos. Além do gosto mais doce, normalmente trazem aromas caramelados e de castanhas, sendo pouco amargas, e de cor marrom ou avermelhadas.

Existem também algumas derivações desse estilo. O Doppelbock, por exemplo, é chamado assim por ter ainda mais álcool que as Bocks tradicionais. Já o Eisbock tem um teor ainda mais alto, sendo obtido por um processo de congelamento da cerveja para retirada de água. Já o chamado Weizenbock é uma cerveja de trigo feita a partir de maltes tostados como o Dunkelweizen, mas com teor alcoólico elevado. Há ainda o Mainbock ou Helles Bock, que são de cor clara.

Boas harmonizações são feitas com carnes vermelhas assadas ou grelhadas, que geram caramelização e combinam por semelhança com a cerveja. Molhos mais ácidos, como o de tomate, podem ser ótimos para contrastar com a bebida.

Fotos: Divulgação

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Twitter: http://twitter.com/bardocelso

– Facebook: http://www.facebook.com/bardocelso

– Foursquare: http://foursquare.com/bardocelso

– YouTube: http://www.youtube.com/bardocelso

– Orkut: Comunidade eu frequento o Bar do Celso

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

15 Comments

  • Marcelo disse:

    Valeu Luís!!!!Vou mostrar essa matéria para todos os meus conhecidos que me zoam porque eu gosto da Kaiser Bock. Bom saber que vai bem com um churrasco.

  • Vagão disse:

    Celso, quais das opções seria melhor para ser apreciada “sozinha”, sem necessariamente com comida junto, ou algo mais leve que carne vermelha ?

    Abraço

  • Celso disse:

    Vagão, todas vão bem também sozinhas, sem comida. Sobre uma outra combinação, poderia ser carna suína também, salames e outros embutidos, ou, por contraste, com sabores mais ácidos, como tomate, saladas com vinagre balsâmico e coisas assim 😉

  • Patrícia Tiyemi disse:

    Olá! Você sabe se vai haver algum evento pra comemorar o Dia Internacional da Cerveja aqui em Curitiba? Obrigada! 🙂

  • Celso disse:

    Olá, Patrícia. Não existe oficialmente um Dia Internacional da Cerveja. Nem há nenhuma festa prevista com esse nome. Acontece que, informalmente, o pessoal diz que toda a sexta-feira é Dia Internacional da Cerveja. É uma piadinha. Espero ter ajudado. Abraços

  • Patrícia Tiyemi disse:

    Que pena que Curitiba não vai organizar nada “oficial” no próximo dia 05/08. Seria mais uma oportunidade para divulgar a cultura cervejeira. Embora não seja nada oficial, a cada ano mais países celebram a data, especialmente os entusiastas da cerveja artesanal.
    http://www.internationalbeerday.com/about/
    http://en.wikipedia.org/wiki/International_Beer_Day
    Obrigada mesmo assim…

  • Juuuu disse:

    Simplesmente ADORO cervejas bocks. Desenvolvi este paladar por meio do meu pai. Por isso quando é pra tomar uma bock a melhor companhia com certeza é ele!! =)
    O gosto mais caramelizado tem tudo a ver com esse inverno curitibano. A minha dúvida é: combinam com massas tipo lasanha ou pizza 4 queijos???

  • Juu disse:

    Poderia ter um post especial para o Dia dos Pais com dicas de cervejas de acordo com o temperamento do pai e os acompanhamentos ideais, o que acha Celso?

    Porque tomar cerveja, ou melhor apreciar, com uma companhia especial como a do pai é maravilhosa!! =)

  • Celso disse:

    Olá, Ju. Que bom que gostou. Sobre a massa, originalmente ela é neutra para harmonização. O que lhe dá sabor é o molho. Para Bocks, os mais indicadas para um boa harmonização são os molhos como tomate ou com carnes. Indico ao sugo e bolonhesa, para ser simples e gostoso. Sobre o Dia dos Pais, fiz isso ano passado. Vou tentar fazer novamente. Obrigado pela dica e pelo contato 😉

  • teresa schiel disse:

    adorei tudo isto e viva a cerveja , parabens pelo empenho, um dia vou ai curtir uma cerveja, bjs Teresa

  • João Gabriel Margutti Amstalden disse:

    O Panela de Malte recomenda Salvator com sanduba de Pernil Acebolado. E no último post, figurou uma harmonização com a kaiser Bock!
    Grande abraço!

  • Paulo disse:

    Belas indicações, pena que ficamos de fora. Conforme você comentou, a Bock é boa em qualquer época do ano, por isso somos a única cervejaria do Brasil que fabrica Bock o ano inteiro. Além disso foi premiada este ano com medalha de bronze no Australian International Beer Awards. Fica a dica para as próximas vezes

  • Celso disse:

    Olá, Paulo. Infelizmente, o espaço é reduzido. Não cosegui colocar todas. A Bierland não entrou, nem outras tão boas quanto as que estão aí. É uma seleção por amostragem. Mas outras oportunidades de falar das excelentes cervejas de vocês vão aparecer, com certeza. Assim como já falei no lançamento da Vienna, Imperial Stout e na premiação do Australian Beer Awards. Abraços

  • mary elza disse:

    adorei aentrevista valeu juliana… ta podendo… mil beijos qualquer dia eu apareço por ai….

  • Ricardo Campelo disse:

    A Baden Baden Bock também é muito interessante!

Leave a Reply