O que você achou do Wikibier Festival?

Diego Pisante/Divulgação

Olá, pessoal. Infelizmente não pude ir ao Wikibier Festival, que segundo a organização esse ano recebeu o mesmo número de pessoas de 2011: cerca de 4 mil. Com esses números, segundo o material divulgado pela assessoria de imprensa, a edição 2013 do evento está garantida.

Esse ano, a falta de acordo comercial fez com que algumas cervejarias e hombrewers do Paraná não participassem do evento. Pelo que soube de ambos os lados, nenhuma “mágoa” ficou e não se descarta a participação do mesmo pessoal em próximos eventos. Há boa vontade dos dois lados. Também segundo o de divulgação, vários membros da diretoria da Associação dos Cervejeiros Artesanais do Paraná (Acerva) estiveram no Contorno da Bola prestigiando o evento.

E você? O que achou do Wikibier?

Diego Pisante/Divulgação

Vi que muitos comentaram nos posts anteriores sobre o evento. Como sempre costumo fazer um post pós-evento, queria contar com a ajuda de vocês dessa vez.

Gostaria que deixassem as suas impressões sobre o Wikibier nos comentários desse post. O que acharam? Foi bacana? Quais foram os pontos fortes? E os pontos fracos?

Abaixo, o relato do meu colega e amigo Carlos Coelho, editor do site da revista Bom Gourmet aqui da Gazeta do Povo. Desde já, agradeço ao camarada pela ajuda!

Fico esperando a contribuição de vocês!

“O Wikibier deste ano conseguiu resolver boa parte dos problemas da edição 2011. O principal ponto positivo foi o número de caixas – maior do que no ano passado. As filas para entrar e para comprar ficha eram pequenas e o processo todo mais rápido. Além disso, não houve problemas com as máquinas de cartão como no ano passado, o que contribuiu com o atendimento rápido.

Filas mesmo, só nas barracas dos cervejeiros mais procurados. Infelizmente, como acontece na maioria dos festivais, só puderam apreciar as cervejas artesanais caseiras quem chegou cedo. Como a quantidade disponibilizada pelos homebrewers é bem menor do que a das cervejarias, por volta das 17 horas praticamente já não havia opções (o evento seguiu até às 23 horas).

O Contorno da Bola é um complexo de canchas de futebol indoor, e toda a estrutura foi montada sobre a área de gramado sintético. Funcionou bem. O espaço comportou o público com conforto, mesmo no período mais cheio – por volta das 18/19 horas. Porém, o fato de se ter um piso emborrachado foi um transtorno para algumas meninas de salto ou sapato aberto – valeria um aviso antes.

Quanto às cervejas, havia opções de sobra para boas provas, embora tenha tido a impressão de haver menos barracas que na edição 2011. Os preços, no entanto, estavam mais altos. Uma média de R$ 10 para as artesanais e a partir de R$ 16 para as mais interessantes. Não tive problema algum em relação à temperatura da bebida ou forma com que ela foi servida – apesar de ter encontrado na internet relatos de tiradores de chope que erraram a mão na hora de servir.

Vale lembrar que estive na Wikibier até às 19 horas. Depois deste horário, é provável ter diminuído o número de rótulos disponíveis e, consequentemente, tenham surgido mais filas ou outros problemas.”

Acompanhe o Bar do Celso nos sites de redes sociais

– Google+: plus.google.com/107330340839164546695

– Twitter: http://twitter.com/bardocelso

– Facebook: http://www.facebook.com/bardocelso

– Foursquare: http://foursquare.com/bardocelso

– YouTube: http://www.youtube.com/bardocelso

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas. Leia mais sobre ele aqui e conheça oClube BarDoCelso.com aqui.

20 comentários em “O que você achou do Wikibier Festival?”

  1. Michell Maycon Mendes de Araujo

    Obvio que irao dizer que o evento foi um sucesso. como disse no post anterior , festival horrivel, fila e mais fila , r$ 10 uma caneca de chopp QUENTE. esse povo que organizou , errou pela segunda vez. festival de cerveja com cerveja quente e inadmissivel. amadorismo total gelo para gelar chopp qualquer um sabe que em grande volume não suporta, recomendo Festival brasileiro da cerveja em março em Blumenau vejam como fazem e ao menos copiem.

  2. Michell Maycon Mendes de Araujo

    Celso esqueci de mencionar logo que cheguei tinha um casal sentando em banco, esses de festa de igreja simplesmente o banco desmontou machucando braço da senhora, o banco foi mal feito, todos estavam bamba.ok

  3. José Augusto

    Não concordo com o cometário da revista Bom Gourmet. Este ano foi bem pior que no ano passado. Teve uma pior variedade de cervejas e de comida (cachorro quente muito simples só de pão e salsicha, por exemplo). R16 por copo de chopp, muitas vezes quente e com muita espuma é injustificável. E o lugar era muito mal localizado, tinha que pagar extra para guardadores de carro, banheiros químicos sem papel, etc. Lamentável.

  4. Aramis Detoni

    O evento do ano passado teve suas falhas, mas nada se compara ao desastre que foi esse ano.
    As filas continuaram (mesmo quem comprou ingresso e consumação pela internet teve que passar por filas demoradas), falta de sinalização dos banheiros e locais para comprar fichas, equipe de atendimento sem o mínimo conhecimento sobre o produto, cerveja quente, local de difícil acesso e preços menos amigáveis que ano passado. O único ponto que melhorou foi a alimentação

  5. DIEGO RENAN PESTANA

    Som bom, sem muitas filas enquanto fiquei lá.
    Porém, por 2 vezes paguei R$ 12,00 em canecos de espuma. Tentei questionar a garota que estava servindo e fui respondido com descaso.
    Preço demasiadamente elevados.

  6. Faltou a Way no evento! Faltaram bancos também!
    Apóio as críticas do Michell, eu também vi esse banco despencando…
    Creio que podemos melhorar bastante.

  7. Cervejas carissimas, 10,00 por 375. ml ?? muito calor, bancos caindo, banheiro quimico?????? se pensassem em conforto no minimo dobrariam o numero de pessoas e faturariam igual … pena é a ganancia….

  8. Primeira vez que eu vou ao evento, e achei bacana. As chopeiras elétricas deveriam ser utilizadas já que estavam previstas em contrato (segundo informação do pessoal da cervejaria Dortmund), desta forma com as chopeiras manuais, quando os barris eram trocados só era servido espuma. Por isso a reclamação do pessoal que estava trabalhando, e principalmente dos consumidores.
    Aprovo a festa, e indico. Ano que vem estarei lá de novo!
    Detalhe: Estive presente na festa entre 13h e 16h.

  9. Fui na fé que poderia ter sido melhor que ano passado, por ter sido pioneiro..ledo engano, uma “bomba” o festival!! Os preços cobrados similares a festivais europeus, porém com filas de espera de 30 min, atendentes antipáticos e chopp quente!! Ano que vem, tô fora.Próxima parada: Blumenau.

  10. Concordo com a Bom Gourmet!
    O evento foi muito melhor que o ano passado. Aconteceram alguns problemas em certo momento, claro, mas que tenho certeza que para a próxima edição serão superados. O ambiente estava muito mais agradável, a programação musical foi muito bacana e as opções de comida estavam bem acessíveis (e gostosas!).
    Em alguns momentos o chopp estava quente, mas os problemas eram sempre superados com a boa vontade da equipe da organização.
    Eu gostei muito e vou de novo ano que vem!

  11. Fui,vi, degustei e gostei!!! Incrível como o “reclamorama” pode ser tão grande… Vi um pouco de fila, em alguns momentos, mas nada que fosse tão grave como alguns fazem questão de mencionar neste espaço. Muitas opções de cervejas, exclusividades como as primeiras Mikkellers a serem degustadas no país, shows nada previsíveis e muito legais. O preço poderia ser melhor, por estar num festival, mas nada exorbitante. O que foi para as nuvens, parece, é o mau humor de alguns… Viúvas de quem???

  12. Tenho ido a todos os festivais e eventos de cerveja, e minha opinião sobre o Wikibier é que foi um super evento, mas o ponto forte não foram as cervejas.
    Público selecionado, comidinhas deliciosas bem escolhidas para a ocasião, boa música eletrônica – as bandas deixaram a desejar – foram os pontos altos do evento.
    Não havia fila para comprar fichas, mas para comprar as cervejas, as filas eram enormes. (continua)

  13. Filas enormes para comprar cerveja. E o pior é que a cerveja estava quente, muitas das vezes, muito mal tirada.
    O lugar também não era muito apropriado para o evento. Faltaram mesas, e depois que escureceu, a iluminação ficou desconfortável, pois estava direcionada para a altura dos olhos.

  14. Dei a segunda chance ao Wiki… não darei a terceira!!
    Deixar o carro na rua, filas para comida e chopp e as bandas foram mal escolhidas.
    Acho que não tem muito segredo, basta verificar o que toca nos bares de cervejas e o som está longe de ser o do leste europeu ou de samba (embora eu goste de samba).
    Não tinha onde lavar as mãos e nem os canecos.

    A música não estava tão estridente quanto a do ano passado, tinha comida até o final e a fila para pegar as fichas estava pequena.

  15. Os bancos de madeira não estavam muito seguro, vi um despencar com 4 pessoas, comidas nem tão selecionadas… quantos as bebidas quem chegou cedo apreciou com maior qualidade apesar de ser caro.
    fiquei das 15h as 19h.

  16. Nada é tão tuim que não possa piorar…
    Filas com mais de 20 minutos para diversão/entretenimento não existe em nenhum lugar do mundo.
    Querem cobrar valor acima do mercado, que prestem um serviço no minimo bom, o que não aconteceu novamente.

  17. Rafael Almeida Alcantra

    Com pouca variedade e preços elevadíssimos para um festival o Wikibier desse ano decepcionou.

    Acredito que para ter sucesso um festival precisa ter muitos rótulos disponíveis e preços abaixo da média. E isto não aconteceu no Wikibier. Para pagar 8 reais numa brooklyn ou 16 numa Wals eu vou a um supermercado e não preciso pagar ingresso. Foi legal lançarem a Mikkeller, mas poderia ter um preço acessível. Aposto que o preço delas nas lojas será o mesmo, se não for menor que essa facada.(continua)

  18. Rafael Almeida Alcantra

    A entrada também não deveria ser tão alta. Acho que houve excesso de ganância por parte da organização que aproveitou do bom momento das cervejas especiais. Ano passado foi muito melhor, principalmente pela grande presença dos homebrews.

    Quanto ao local, ano passado também foi mais adequado. A Universidade Positivo é o lugar ideal pra esse tipo de festividade.

    O único ponto positivo desse ano foi a ausência filas nos caixas (somente), mas pra comprar cerveja estava muito maior.

  19. FABIO FLEMMING

    com certeza não deu 4.000 pessoas. nem perto disso.
    com relação a organização, sem duvidas esse ano estava melhor, principalmente banheiros e caixas. a variedade de comidas estava razoavel. acredito que poderiam ter mais opções. O grande destaque foi o lançamento das Mikkellers pela Tarantino porém o preço estava bem salgado (R$ 32,00/330ml). O chop Brookly Blast tb estava sensacional mas o preço absurdo, R$ 30 a caneca. Eu achei falha a sinalização para chegar no evento.

  20. Pingback: Wikibier 2013: os prós e os contras - Bar do Celso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *