Artigos

Stout: 8 cervejas repaginadas

By 05/11/2015abril 18th, 2020No Comments

Hoje é comemorado o Dia Internacional da Stout, uma data criada para promover esse estilo maltado de notas torradas, que lembra muito café, ao redor do mundo. Essa comemoração existe há cerca de 5 anos e é celebrada sempre nos primeiros dias de novembro. No site International Stout Day é possível acompanhar e postar eventos sobre o tema de qualquer lugar do globo.

Aqui no Brasil, sabemos que há uma certa resistência com o estilo. O público menos cervejeiro acha que “cerveja preta” é pesada e doce. Dois mitos comuns que não são sempre verdadeiros. E mesmo entre cervejeiros, o destaque acaba indo só para a Russian Imperial Stout, extrema e de elevado teor alcoólico, deixando as demais variações do estilo em segundo plano, bem abaixo das populares IPAs.

Pensando nisso, decidimos elaborar aqui no BarDoCelso.com uma lista de cervejas que mostram Stouts complexas, criativas e atraentes. As quais mostram que são cervejas muito mais do que apenas torradas. Enfim, que mostram a Stout e suas variações de forma repaginada. Esperamos que gostem!

Em tempo: Nenhuma lista é completa. Ainda mais se não tiver a contribuições de vocês, queridos leitores. Vocês conhecem alguma cerveja que poderia participar dessa lista? Deixe as sugestões nos comentários!

Pérola Negra – Ignoru´s Bier e Bastards

Uma Imperial Stout com adição de cacau e cereja maraschino adicionados durante a fermentação. De corpo alto, amargor persistente dos maltes torrados e aroma de café e chocolate e cereja, que também são sentidos no paladar. É uma parceria da receita da cervejaria Ignoru´s Bier com a produção da Bastards, feita sazonalmente. Já no projeto piloto levou a medalha de bronze na categoria Estilo Livre, do I Concurso Sul Brasileiro de Cervejas Caseiras.

Perola Negra Ignorus

Pérola Negra – Curitiba/PR

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 11,2%

Diferencial: adição de cereja maraschino e cacau.

 

Volcano Coffee Stout – Blondine

Também com uma base de Imperial Stout, essa cerveja leva adição de café durante o processo de fervura. Segundo a cervejaria, são 30 quilos de café moídos na hora para 2500 litros de cerveja. Os grãos são 100% arábica, fazendo o café ser o destaque no aroma e no sabor, com equilíbrio. Notas de malte tostado e chocolate meio amargo também são perceptíveis.

Volcano Stout

Volcano Coffee Stout – Itupeva/SP

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 7,5%

Diferencial: adição de café 100% arábica moído.

 

Hot Petroleum – Wäls

A base é a já conhecida Wäls Petroleum, que nessa receita passa por um tempo menor de fermentação e fica com 11% de teor alcoólico. O diferencial fica por conta da adição de três pimentas mexicanas na maturação: Chile Morita, Chile Entero e Habanero. Notas de baunilha, madeira, café, especiarias e pimentas estão no aroma. O sabor segue o aroma com leve adocicado e a ardência que permanece depois do gole (no retrogosto). Edição limitada.

Wals Hot Petroleum

Hot Petroleum – Belo Horizonte/MG

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 11%

Diferencial: adição de um blend de pimentas mexicanas.

 

DUM Petroleum – Edição especial maturadas na madeira

Em parceria com a cachaça Porte de Morretes, a DUM Cervejaria lançou no Festival Brasileiro da Cerveja de 2015 uma edição especial engarrafada da DUM Petroleum maturada em barris de madeira de cachaças premiadas. A madeira Amburana, com barris de tosta alta, adicionou no aroma notas de especiarias, principalmente canela e coco queimado. Sabor intenso, com gosto doce e final amargo. O Carvalho Francês, de tosta leve, acrescentou um aroma suave de pimenta e especiarias. No sabor o doce de leite e o amargor formam uma combinação surpreendente. A Castanha do Pará traz um aroma delicado, que remete a amêndoas e pudim, lembrando uma sobremesa. No sabor ele se repete, criando um equilíbrio entre o amargor residual e o dulçor. Edição limitada do Kit com 4 garrafas ainda pode ser encontrada em alguns sites especializados.

DUM Petroleum madeiras

Kit DUM Petroleum Maturada em Barris – Curitiba/PR

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 12%

Diferencial: maturadas em barris de madeira da cachaça Porto de Morretes.

 

FullPint 120 Barred Aged – Invicta

Aqui a parceria foi da Cervejaria Invicta com o blog FullPint para a produção de uma cerveja comemorativa de 5 anos do site. Utilizando como base a Imperial Stout da Invicta, 108, a cerveja foi envelhecida em barris de carvalho americano que armazenaram a cachaça Arara Diplomata por 15 anos. Para dar mais um toque de destilado na cerveja foi adicionado o whiskey turfado Ardbeg na maturação. O processo de envelhecimento durou 8 meses, e resultou em 12% de teor alcoólico. Edição limitada.

FullPint 120 Barred Aged Stout

 

FullPint 120 Barred Aged – São Paulo/SP

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 12%

Diferencial: envelhecida em barris de carvalho americano da cachaça Arara Diplomata com adição de whiskey turfado Ardbeg.

 

Stout Açaí – Amazon Beer

Premiada como a melhor cerveja do Festival Brasileiro da Cerveja em 2014, ela tem como principal diferença a adição do açaí na receita. Também se destaca por não seguir a tendência Imperial Stout e trabalhar com a base de uma Dry Stout. No aroma, café, chocolate e malte torrado. O fruto promove uma leve acidez no sabor, combinado com o amargor do malte torrado.

Stout Açaí Amazon Beer

Stout Açaí – Belém/PA

Estilo: Dry Stout

Graduação Alcoólica: 7,2%

Diferencial: adição da polpa da fruta açaí

Espresso Stout – Emelisse

Cerveja de origem holandesa que tem como base uma Imperial Stout. A diferença fica por conta da adição dos grãos de café italianos utilizados na fabricação. A mistura é formada de 90% de Arábica e 10% de Robusta, que trazem ao paladar mais corpo e a deixa extra-picante. O café fica bem evidente, tanto no sabor quanto no aroma, e um leve caramelo pode ser percebido na boca. O retrogosto fica todo por conta do café.

Emelisse Espresso Stout

 

Emelisse Espresso Stout – Holanda

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 9,5%

Diferencial: adição de finos grãos de café italiano.

 

Hypnopompa – Omnipollo

Segundo a cervejaria sueca responsável pela produção, que é feita na fábrica da De Molen, são adicionados cerca de 100 quilos de marshmallows e favas de baunilha Tahiti da grossura de cigarros. Como base o estilo Imperial Stout, é uma cerveja licorosa quase sem carbonatação. O dulçor da baunilha fica bem presente no aroma e no sabor, equilibrado pela alta graduação alcoólica. Existem mais duas variações da cerveja, uma maturada em barril de Bourbon e outra em barril de conhaque.

Stout Omnipollo Hypnopompa

 

Hypnopompa – Suécia

Estilo: Imperial Stout

Graduação Alcoólica: 11%

Diferencial: adição de marshmallows e favas de baunilha Tahiti.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

Leave a Reply