Home » Reportagens » 14 cervejas artesanais para o verão 2018

14 cervejas artesanais para o verão 2018

Não poderíamos deixar a estação mais quente do ano passar impune sem uma lista de cervejas artesanais para o verão 2018. As frutas chegaram com tudo nessa estação, acompanhadas ou não de acidez. O amargor em equilíbrio com os outros ingredientes também se mostra muito refrescante, e nem todas as cervejas precisam ter graduação alcoólica baixa para trazerem a sensação de frescor. Muitas cervejarias apostaram na sazonalidade, então é bom correr caso queira provar alguma das 14 cervejas artesanais para o verão que selecionamos para você. Confira:

 

Maniacs Summer

A Maniacs Summer é produzida pela cervejariaa Maniacs, que entrou no mercado oficialmente ano passado. Ela é feita com maltes de cevada e centeio. O resultado é uma Pale Ale dourada clara, como leve dulçor, amargor baixo e aroma com notas frutadas e cítricas. Tem baixo teor alcoólico, 4,7%, corpo médio baixo e boa carbonatação. A ideia central foi produzir uma cerveja artesanal leve e saborosa, com o intuito de ser consumida durante toda a estação para matar a sede. Dentre as cervejas artesanais para o verão a Maniacs Summer ainda ganha pontos por ter um dos melhores custos benefícios.

Estilo: Pale Ale
ABV: 4,7%
Amargor: moderado
Origem: Curitiba/PR
Formato: garrafa 355ml, lata 350ml e chope

Sunny Brew – Sun4Fun

Numa lista de cervejas artesanais para o verão não poderíamos deixar de lado um exemplar do estilo Session IPA. Primeiro rótulo da cervejaria Sunny Brew vem com ares de praia. A Sun4Fun é inspirada no calor brasileiro, e foi criada com o objetivo de “matar a sede” sem deixar o amargor de lado. Essa Session IPA passa por dry hopping com os lúpulos Galaxy, Mosaic e Citra. De cor amarela intenso, com espuma branca e generosa, a Sun4Fun entrega ao nariz notas cítricas, que remetem a frutas amarelas. Na boca, o corpo leve, amargor médio e alta drinkability.

Estilo: Session IPA
ABV: 4,5%
Amargor: moderado
Origem: São Paulo/SP
Formato: lata 473ml e chope

Põhjala Prenzlauer Berg

Cervejaria que desembarcou ano passado no Brasil, a Põhjala, tem sua sede na cidade de Tallinn, capital da Estônia. Seu mestre cervejeiro trabalhou na BrewDog e criou fama pelas cervejas escuras em barril. Por aqui outros estilos mais leves também chegaram . É o caso da Prenzlauer Berg, uma Berliner Weisse com adição de framboesa. Acidez presente por conta da fermentação com lactose e também da própria fruta. Uma cerveja levemente turva de coloração avermelhada, leve e com boa drinkability. Final seco.

Estilo: Berliner Weisse com fruta
ABV: 4,5%
Amargor: baixo
Origem: Estônia
Formato: garrafa 355ml

Yellow Tart – Dádiva e 2cabeças

A Dádiva/2 Cabeças Yellow Tart é uma colaborativa das cervejarias feita para o evento Repense Cerveja. É uma Berliner Weisse com adição de três tipos de frutas (abacaxi, manga e pêssego), fermento inglês e lúpulos de New England IPA. A receita leva ainda trigo, malte, aveia e quinoa, além, é claro, de lúpulos aromáticos para temperar essa cerveja clara, com 4,4% de teor alcoólico. Entrega bem as frutas no aroma, com acidez moderada e sabores equilibrados.

Estilo: Berliner Weisse com fruta
ABV: 5%
Amargor: baixo
Origem: Cervejaria Dádiva
Formato: lata 473ml e chope

Cervejaria Molinarius Hopped Brain #1

A Cervejaria Molinarius entrou ano passado no mercado trazendo rótulos que investem no amargor. Uma boa New England IPA, apesar de ser mais alcoólica, traz leveza, sabores e aromas frutados e cítricos. Essa é novidade da cervejaria para o verão, a Hopped Brain #1, foi desenvolvida com cinco tipos de maltes, flocos de aveia e 17 gramas de lúpulo por litro. No blend de lúpulos foram utilizados Citra, Galaxy, Mosaic e Amarillo. Sua alta drinkability (pede logo o segundo gole) dela uma das cervejas artesanais para o verão que tem alto teor alcoólico, porém, baixa percepção dele. 

Estilo: Double IPA
Teor alcoólico: 8,2%
Amargor: alto
Origem: São Paulo
Formato: lata 473ml e chope

 

Dogma Sourmind – nova versão com manga e maracujá

Diferente da primeira versão, com suco de manga e goiaba, a Dogma Sourmind, chamda pelos cervejeiros de “Berliner Ryesse”, tem sua nova versão com adição de manga e maracujá. De corpo baixo, é uma cerveja leve e refrescante, Soumind é uma Berliner feita com centeio para deixar seu corpo mais aveludado e com uma quantidade gigantesca de suco de manga e maracujá, criando uma cerveja ácida e complexa.

Estilo: Berliner Weisse com centeio e frutas
Teor alcoólico: 4,4%
Amargor: baixo
Origem: São Paulo
Formato: lata 473ml e chope

Juan Caloto Las Aventuras de Pip’n’Flip

Las Aventuras de Pip’n’Flip é uma Sour Hop Blond com adição de acerola. A acidez do sour kettle se mistura a acidez da fruta deixando a cerveja muito refrescante. De corpo baixo, porém aveludada, com leve amargor, aromas e sabores de frutas frescas, além de um dry hop de Hallertau Blanc. Ela é dourada e levemente turva, e a fruta se faz bem presente no sabor, com notas mais sutis no nariz. Tem acidez equilibrada e boa drinkability.

Estilo: Sour Hop Blond
Teor alcoólico: 5%
Amargor: baixo
Origem: Várzea Paulista/SP
Formato: lata 473ml e chope

 

Infected Brewing Caffeine Karma

A Caffeine Karma é uma Sour Ale que apostou em um combo de ingredientes um tanto inusitado. Acidez, adição de Cold Brew (café passado a frio), chips de carvalho francês, bourbon e favas de baunilha. Ela tem uma graduação alcoólica baixa, de 4,5% e a sensação de acidez média, por conta da baunilha, ingrediente que é destaque no sabor e também no aroma.

Estilo: Sour Ale
Teor alcoólico: 4,5%
Amargor: baixo
Origem: São Paulo/SP
Formato: lata 473ml e chope

Perro Libre Galaxy Juicy Tart

Nessa cerveja a Perro Libre decidiu trabalhar com muito lúpulo e acidez. É cítrica, frutada, leva aveia e trigo na receita, o que promove aquela sensação aveludada na boca. Uma cerveja muito leve, com amargor presente, mas suave, bem como uma acidez sutil e final seco. Corpo baixo e alta carbonatação. Drinkability alta.

Estilo: Sour Ale
Teor alcoólico: 4,6%
Amargor: baixo
Origem: Porto Alegre/RS
Formato: garrafa 500ml e chope

Morada Mangossauros

Morada Cia Etílica lançou uma Fruit IPA para o nosso verão. A Mangossaurus é uma Fruit IPA de coloração amarelo clara e aspecto turvo. Não espere um suco de manga, o aroma e sabor da fruta são sutis e vem acompanhados de bastante amargor dos lúpulos americanos. Uma cerveja fácil de beber, com amargor limpo, frutada e cremosa no paladar, com final seco. Tudo isso com apenas 6% de teor alcoólico e 42 IBUs. Ótima pedida dentre as cervejas artesanais para o verão para quem gosta de amargor e não é muito fã de acidez.


Estilo: India Pale Ale com adição de manga
ABV: 6%
Amargor: moderado
Origem: Curitiba/PR
Formato: chope

Evil Twin Old Fashionad Lemonade IPA

A Evil Twin Old Fashioned Lemonade IPA foi produzida em parceria com cervejaria sueca Omnipollo com adição de suco de limão siciliano e lactose. Ela é uma India Pale Ale de coloração amarela e aparência turva. Apresenta média carbonatação, é muito refrescante e os aromas e sabores remetem à frutas cítricas (limão siciliano e tangerina).

Estilo: India Pale Ale com adição de frutas
ABV: 7%
Amargor: moderado
Origem: Dinamarca
Formato: lata 350ml

 

Cervejaria Octopus Underdog

Cervejaria Octupus do Rio de Janeiro traz a sua segunda New England com adição de uvas brancas na receita. A quantidade alta de lúpulo neozelandês, Nelson Sauvin, combinado com o Galaxy traz aromas bem frutados que remetem ao vinho branco. Como é a proposta do estilo, o amargor é limpo. A adição de uvas vem para realçar o perfil do lúpulo Nelson Sauvin. Apesar do teor alcoólico alto, de 8,8%, ele tem baixa percepção. Corpo médio e boa carbonatação.

Estilo: New England com fruta
ABV: 8,8%
Amargor: alto
Origem: Rio de Janeiro/RJ
Formato: lata 473ml e chope

To Øl Lemongrass Gose

A To Øl é uma cervejaria dinamarquesa cigana que tem bastante destaque mundialmente pela qualidade e inovação das suas cervejas. A Lemongrass Gose é uma cerveja do estilo Gose, ácida, levemente salgada e cítrica¬¬. Os aromas remetem a limão com notas florais que são provenientes do lúpulo Citra. Na base também leva trigo não maltado, o que deixa um corpo mais cremoso. A presença do sal é bem equilibrada e o frescor do lúpulo tornam essa cerveja extremamente refrescante.

Estilo: Gose
ABV: 4,1%
Amargor: baixo
Origem: Dinamarca
Formato: lata 473ml

Freigeist Apricot Fest Smoked Gose

Sebastian Sauer, o cervejeiro da Freigeist, é famoso pelas suas receitas inusitadas. Nesse rótulo o estilo base é Gose, com sal e coentro. Para trazer a personalidade da cervejaria acrescentou pêssego e notas defumadas. Com alta carbonatação e baixo amargor, a cerveja tem um aspecto de frisante. O nome da cerveja Apricot Fest, é uma referência ao nome utilizado na Alemanha pelas Girl’s party, ou seja, festas de meninas. Apesar da brincadeira, a cerveja é para todos que buscam uma cerveja que lembre os frisantes, mas com um toque de Freigeist. Uma das cervejas mais fora da curva, mas que é um ótimo exemplar para fechar a lista de cervejas artesanais para o verão.

Estilo: Gose com pêssego
ABV: 6%
Amargor: baixo
Origem: Alemanha
Formato: garrafa 500ml

About Nadya Romanowski

Nadya Romanowski, jornalista e sommelier de cerveja que faz das cervejas especiais o motor de sua vida pessoal e profissional. Levanta a bandeira “beba menos, beba melhor” para quem quiser ver. Não defende rótulos e não tem preconceito com estilos. Sem frescuras, apenas bom gosto.

Check Also

Maniacs Brewing Co.: venha conhecer com a gente o novo pub da fábrica em Curitiba

Na última semana estivemos na inauguração especial para imprensa do novo bar da Maniacs Brewing …

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE