Breaking News
Home » Coluna Bar do Celso » Destaques do Festival Brasileiro da Cerveja 2017

Destaques do Festival Brasileiro da Cerveja 2017

Um evento de cervejas é sempre desafiante. São muitas para degustar, diversas novidades e tendências, e sempre pouco tempo. Felizmente o Festival Brasileiro da Cerveja acontece todo ano. Na última edição, realizada entre 8 e 11 de março em Blumenau (SC), além de reencontrar amigos, foi novamente época de tentar essa missão deliciosamente impossível. Sem ter a pretensão de ser exaustivo, separei alguns comentários cervejeiros.

Sours e outros azedumes

Se nos últimos tempos as cervejas maturadas em madeira foram a grande tendência apresentada no evento, chegou definitivamente a vez das cervejas ácidas. Entre os quase 130 estandes de cervejarias, estimo que pelo menos metade tinha alguma Sour Beer.

Além das versões de produção mais rápidas, conhecidas como Kettle Sours, outras mais complexas surgem. É o caso das deliciosas Flanders Red Ales. O destaque para mim foi a curitibana Morada Cia Etílica Gasolina Sour, medalha de ouro no concurso do festival nesta categoria. Mas ainda haviam mais duas muito boas, da também paranaense Bodebrown e da gaúcha Maniba.

 

 

Leia a íntegra da coluna Bar do Celso Destaques do Festival Brasileiro da Cerveja 2017 suplemento gastronômico da Gazeta do Povo. A publicação circula encartada no jornal todas as segundas quinta-feiras do mês.

About Nadya Romanowski

Nadya Romanowski, jornalista e sommelier de cerveja que faz das cervejas especiais o motor de sua vida pessoal e profissional. Levanta a bandeira “beba menos, beba melhor” para quem quiser ver. Não defende rótulos e não tem preconceito com estilos. Sem frescuras, apenas bom gosto.

Check Also

Cerveja artesanal de Curitiba e região impressiona pela qualidade e inovação

Curitiba se destaca quando o assunto é cerveja artesanal. A cidade é uma das capitais …

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE