Festival Brasileiro da Cerveja 2016: Mapa das Novidades

O Festival Brasileiro da Cerveja está em sua 7ª edição e acontece agora nos dias 9,10,11 e 12 de março em Blumenau. É o maior festival do setor cervejeiro e considerado o mais importante do país.  Assim como no ano passado, focamos nossos esforços na construção de um mapa com as novidades das cervejarias que estarão expondo esse ano.

Esse mapa foi elaborado com informações sobre as posições dos stands vindas da organização do Festival. As novidades das cervejarias fizemos através do que recebemos nos emails e  que foram publicados por fontes confiáveis – como o blog do colega Raphael, o All Beers, e o site da Revista da Cerveja. Também adicionamos as cervejas que confirmaram presença, mesmo que não sejam novidades.

Os stands estão dividos em A,B,C e D. Mantivemos essa ordem, pois não foi divulgado se existirá outra numeração no dia.

Sugerimos que coloquem esse post nos favoritos e usem no celular para se localizarem lá dentro do Festival Brasileiro da Cerveja e não deixem nenhuma estreia passar batida. Vocês também podem imprimir, usar no tablet ou para planejar antecipadamente o que vão querer conferir.

Aviso 1: esse material não está pronto de saída. Nem era essa a intenção. Ele será atualizado constantemente até o fim do Festival Brasileiro da Cerveja. Portanto, se não colocamos alguma novidade, avise nos comentários que vamos procurar incluir a informação o quanto antes. Isso também vale para os expositores que quiserem divulgar seus lançamentos. Assim, todos juntos, construiremos um material ainda melhor. E, claro, amigos leitores, voltem sempre para ver as alterações no mapa das novidades.

Aviso 2: as cervejas acabam, gente. E as novidades são sempre as mais procuradas. Não temos como ter controle do que vai acabar ou não. Então, nossa dica, chegue nos primeiros dias do Festival Brasileiro da Cerveja e cedo para não ficar sem.

 

mapa das novidades festival brasileiro da cerveja 2016

Stand – Expositor

A1 – Acerva SC
A2 – Dado Bier (RS)
A3 – Kiezen Ruw (SC)
A4 – Effectglass
A5 – Bierland (SC)
Novidades:
Bierland Witbier, inspirada no estilo belga, com 5,2% ABV,disponível em chope.
– Prosa: American Barley Wine de 10% ABV e 65 IBU, receita dos cervejeiros Vinicius Carpentieri e Gabriel Kollross, vencedora do 4º Concurso Cervejeiro Caseiro da Bierland.
A6 – Cervejaria Hunsruck (RS)
A7 – Cervejaria Farol (RS)
A8 – Dama Bier (SP)
A9 – Penedon Brew Pub (RJ)
A10 – Cervejaria Suméria (SP)
Novidade:
– Lion Polski Ale , estilo polonês Grätzer ou Grodziskie, com 3,4% de teor alcoólico e 12 IBU.
A11 – Meara Importadora e Distribuidora
Berggren:
– Berggren Strong Ale / Red Ale, uma Barley Wine com 9,5% de teor alcoólico e 60 IBUs.
– Berggren Irish Dry Stout, estilo Dry Irish Stout, com 7,5% e 50 IBUs.
– Berggren Dunkler Bock, uma Bock com 6,5% e 22 IBUs.
– Berggren Pilsen Extra, uma German Pilsner com 5,5% e 25 IBUs.
– Berggren Weiss, uma Weiss não filtrada, com 5,3% e 12 IBUs.
A12 – Barco Brewers (RS)
Na trave:
– Barco Lager, uma American Lager.
– Barco IPA, uma American IPA.
– Barco Thai, uma Weiss com Gengibre.
– Barco Sexy, uma Session IPA
Barco San Diego, uma APA.
A13 – Dalla Cervejaria (SC)
A14 – NOI (RJ)
A15 – Cervejaria Invicta (SP)
Na trave:
– Invicta 108 (Russian Imperial Stout)
– Invicta 1000 IBU (Imperial IPA)
– Black Cat (India Black Ale)
– Boss (Imperial IPA)
– Iniciação (Weiss)
– Invicta Damiana (Bavarian IPA)
– Hellbeirão Pils (German Pilsener)
– Saison à Trois (Saison)
– O’ Clock (American India Pale Ale)
Novidades:
– Garrafa da “120” – uma Russian Imperial Stout Barrel Aged, versão mais alcoólica da 108, envelhecida em barril de madeira e com adição de café arábica e ameixas.
– Também em garrafa a parceria Invicta/Bierfabrik/Brussels Beer Project Transatlântica .
Todas as garrafas das cervejarias parceiras da Invicta, como as Velhas Virgens, 2 Cabeças e Treze.
A16 – 2cabeças (RJ)
Novidade:
– Hi5, Black IPA, com lúpulo americano Cascade.
A17 – Cervejaria Júpiter (SP)
Na trave:
Júpiter Tânger , uma Witbier com 4,0%, com infusão de chá Earl Grey.
– Júpiter Super Talismã ,base de Talismã IPA com muito mais madeira na maturação.
– Júpiter SalApa de frutas, American Pale Ale da cervejaria que passa por um filtro infusor recheado de frutas cítricas.
A18 – Cervejaria Maniba (RS)
Novidades:
– Maniba Black Metal IPA
– Maniba India Mantra Ale
– Maniba Red Bloody Ale
– Maniba Wit Dominatrix
– Maniba Robust Vulgar Porter
– Maniba Robust Vulgar Porter (Bourbon Wood Barrel Aged)
– Maniba Pils (lançamento em garrafa)
– Maniba Oatmeal Avéia Stout (lançamento em garrafa)
– Maniba Double Doggy IPA (lançamento em garrafa)
– Maniba Trick or Treat Double Pumpkin Ale
– Maniba Fuzzy Russian Imperial Stout
– Maniba Lomba Grander Weisse | Berliner Weisse
– Maniba Lomba Grander Weisse (com abacaxi) | Berliner Weisse
– Maniba Aussie Hooked Pale Ale
– Maniba Red Meth Flanders Ale – Medalha de Ouro Best of Show
A19 – Bastards Brewery (PR)
Novidade:
Hector Five Rounds, uma American IPA de 6% de graduação alcoólica e 60 IBU, elaborada com cinco dry hoppings, cada dia com um lúpulo diferente.
A20 – Beertone – Mad Gulliver
A21 – Revista da Cerveja
A22 – Escola Cerveja e Malte
A23 – Abadessa (RS)
A24 – Mistura Clássica (RJ)
A25 – Cervejaria Hoffen (SP)
Novidades:
Session IPA, com 5% ABV e 30 IBU.
– Double IPA, com 9% ABV e 75 IBU.
Na trave:
American IPA Zeus com 6,8%.
A26 – Landel (SP)
Novidades:
Landel Saison
– Landel Cafetina, English Brown Porter, 5,5%, com blend de grãos de café arábica da região campineira. (Também em lata).
Completam a trave:
– Landel Mandarina Lager
– Landel Session IPA
– Landel Session Tripel
A27 – Cervejaria Walfänger (SP)
Novidades:
Sebastian, uma Dusseldorf Altbier, 4,5%
– Vienna Lager Sigmund, 5,0%.
– German IPA Albert, 6,5%
A28 – Cervejaria Belgard (SC)
Novidades:
Wayne Tripel Hops, uma “Pale American-Belgo Style Ale”, 9% ABV, utiliza base de uma Belgian Tripel;
– Reynolds Double Red Ale, com 9% de graduação alcoólica e dry hopping de Columbus.
A29 – Colorado (SP)
– Colorado Ithaca, blend da cerveja envelhecida durante 5 anos em barris de Umburana com uma cerveja nova.
– Colorado Ithaca, blend de cerveja envelhecida e nova, que ficou 4 meses em barris de carvalho que antes continham Whisky Jack Daniels.
Na trave:
– Colorado Cauim
– Colorado Appia
– Colorado Demoiselle
– Colorado Indica
– Colorado Vixnu
– Colorado Ithaca
A30 – Wensky (PR)
Novidades:
Wensky Grun Weizen (cerveja de trigo com dry hopping de lúpulo Saphir)
– Wensky/Irmãos Ferraro Blackberry (Brown porter colaborativa, maturada com amoras)
– Wensky Malina (edição 2016 especial com frutas vermelhas)
B1 – Gauden (PR)
B2 – F#%*ing Beer (PR)
Novidade:
– Whatafucking Beer, American Pale Ale feita em parceria com Daniel Mocellin, do bar e hamburgueria Whatafuck. Tem 4,7% de teor alcoólico e 30 IBU.
B3 – DUM (PR)
Na trave:
– DUM Jan Kubis
– DUM Grand Cru
-DUM Karel IV
– DUM Petroleum
– DUM Petroleum Castanheira
– DUM Petroleum Chipotle
– DUM Petroleum Amburana
– DUM Petroleum Baunilha
– DUM Petroleum Citrus
– DUM Petroleum Urfa
B4 – Cervejaria Araucária
B5-  Cervejaria Providência (PR)
B6 – Das Bier (SC)
B7 – Schornstein (SC)
Novidade:
Katrina Imperial Stout, estilo Wood Aged Russian Imperial Stout, receita do Gean Carlo Vila Lobus, Acerva Catarinense.
Na trave:
Pilsen, 4,5% de teor alcoólico.
– Weiss, 5,0% de teor alcoólico.
– IPA, 6,8% de teor alcoólico.
– Witbier, 5,0%de teor alcoólico.
– Bock, 7,0% de teor alcoólico.
B8 – Blondine (SP)
Novidade:
– Cerveja Papito India Pale Lager de 40 IBU produzida em parceria com o músico Supla.
B9 – Cervejaria Urbana (SP)
Novidades:
Boo Grapefruit, uma American Wheat com adição de grapefruit, com 4,5% e 25 IBUs.
– Caju, uma Belgian Blond Ale com 6% de teor alcoólico e 30 IBUs.
– Cat In The Box, uma Russian Imperial Stout com 10% de teor alcoólico e 120 IBUs.
– Siri , uma Double IPA com 9% e 90 IBUs.
– Relaxe e Gose, uma Gose com 5% e 15 IBUs.
Na Trave:
Refrescadô de Safadeza, uma Session IPA com 4,5% e 26 IBUs.
– Centeio Dedo, uma American Rye IPA, com 6,5% e 63 IBUs.
– Fio Terra, uma Orange IPA, com 6% e 70 IBUs.
– Gordelícia, uma Strong Golden Ale, com 7,5% e 25 IBUs.
– La Socierge, uma Belgian IPA, com 7% e 65 IBUs.
– Boo!, uma American Wheat, com 4,5% e 25 IBUs.
– Antimatéria, uma Imperial Stout, com 13% e 110 IBUs.
– Piscadinha, uma Session Black IPA, com 4,5% e 25 IBUs.
B10 – Bodebrown (PR) – 3 º Lugar Cervejaria do Ano
Novidades:
– Ice-Double Perigosa, uma Wood Aged American Oak, com 23% de teor alcoólico.
– Double Perigosa, uma Wood Aged American Oak, com 18% de teor alcoólico.
– Hair Of The Bode, uma Wood Aged American Oak, com 11% de teor alcoólico.
– Saison Au Chardonnay, uma Wood Aged French Oak, com 10% de teor alcoólico.
– Atomga Wood Aged, uma Wood Aged American Oak, com 10% de teor alcoólico.
– Wee Heavy Cabreúva /Amburana Sour, uma Wood Aged Cabreúva + Amburana, com 8% de teor alcoólico.
– Blend of Ales, um blend da 4 Blés, Double Perigosa e Tripel Chardonnay, na versão Wood Aged com 14% de teor alcoólico.
– Spekulaas du Sam Arnould é uma Herb Beer, com base no clássico estilo belga, leva semente de coentro, noz moscada, cardamomo, canela, gengibre, casca de laranja, pimentas branca e preta e macis (a flor da noz moscada). Com 7% de teor alcoólico.
Na trave:
Perigosa Ipa, uma Imperial Ipa com 9,2%.
– Perigosa Baby Ipa, uma Session Ipa, derivada da Perigosa, com 3,4%.
– Saison Apricot Tonight, uma Saison com damasco com 7%.
– Saison Like A Dupont, uma Saison com 7%.
– Brauns IPA, uma American IPA com 7%.
– De Bora Poderosa IPA, uma India Pale Ale com 6,7%.
– Stone/Bodebrown Cacau IPA, uma American IPA com cacau com 6,1%.
– Blanche de Curitiba, uma Witbier com 5,5%.
– Hop Weiss, uma American Wheat com 5,5%.
B11 – Stannis Pub
B12 – Irmãos Ferraro (RS)
Novidades:
– Uli Pepperoni, uma India Pale Lager single hop de Amarillo e pimenta vermelha picante.
– Vienna Lager Irmãos Ferraro & Maniba, uma cerveja clássica alemã, com toques mostrando as características das duas cervejarias criadoras.
– Blackberry Porter Irmãos Ferraro & Wensky, uma porter bem equilibrada, encorpada e com muitas amoras pretas.
– Ferrariana Imperial Stout, a tradicional Imperial Stout de natal da Irmãos Ferraro, versão 2016, com apenas 30 litros disponíveis durante o evento.
– Nera Reale Stout Cioccolato(Medalha de ouro 2015) – nessa versão, maturada em barris de carvalho provenientes de Whisky.
– LoCA English IPA (Medalha de ouro 2015) – nessa versão, maturada em barris de carvalho provenientes de Whisky.
B13 – Basement (SC)
Novidades:
– IPA Pitanga uma American IPA com um toque de pitanga.
– Wit Bier Flor de Laranjeira
– Chopp de Chocolate.
B14 – Lake Side (RS) – Cervejas sem glúten (confira nossa lista de cervejas sem glúten)
Novidades:
– Russian Imperial Stout Mad Cossack
– Tartufi Lager, parceria com Tartuferia San Paolo
– Lamb Hic, elaborada com dois anos de fermentação.
Na trave:
– India Pale Ale Farrapos Apollo17, nome alusão ao lúpulo utilizado fazendo uma alusão a última missão tripulada para a Lua. 7% de teor alcoólico, 84 IBUs.
B15 – Lagom Cervejaria (RS)
B16 – Ambev
Novidades Bohemia:
– Bohemia 14 Weiss, uma Weiss.
– Bohemia 838 Pale Ale, uma Pale Ale.
– Bohemia Aura Lager, uma Vienna Lager.
B17 – Ambev
B18 – Cervejaria Insana (PR)
Novidade:
Coffee India Pale Ale, uma IPA com 6,8% de teor alcoólico, que mistura o aroma do café com o cítrico da tangerina e do maracujá, conferido pelos lúpulos.
Na trave:
– Insana Lager: 4,7% ABV
– Insana Gold: 5,5% ABV
– Insana Weizen: 4,7% ABV
– Insana Witbier: 5% ABV
– Insana Chocolate Porter: 4,9% ABV
– Insana American Pale Ale: 5,5% ABV
Em garrafa:
– Insana Pinhão Barley Wine: 8,5% ABV
B19 – Berghain Cervejaria (SC)
B20 – Wäls (MG)
Novidades:
Wäls Apple Ginger – Fruit Beer (novidade do Tasting Room)
– Wäls Fruit IPA – Fruit Beer (novidade do Tasting Room)
– Wäls Fruit Vintage – Barrel Aged Sour (novidade do Tasting Room)
– Wäls Passion Witte – Fruit Wheat Beer (novidade do Tasting Room)
– Wäls Strawberry Sour – Fruit Beer (novidade do Tasting Room)
– Wäls Amor à Wäls – American Sour (novidade do Tasting Room)
– Wäls/EAP Barley Wine
– Wäls Saison d´Alliance
– Wäls Unique – White Barley Wine
– Wäls Cuvée Carneiro – Oud Bruin
– Wäls/Goose Island Alambique County – Barrel Aged Strong Ale
Na trave:
Wäls Witte
– Wäls Session
– Wäls Niobium – Double IPA
– Wäls Petroleum – Russian Imperial Stout
– Wäls Quadruppel
– Wäls Pilsen
– Wäls 42 – Farmhouse Ale
– Wäls Dubbel
– Wäls Tripel
– Wäls/Bohemia Oito e Um – Session Stout
– Wäls HopCorn – IPA
– Wäls Verano – Pale Ale
B21 – Germânia (SP)
B22 – Container (SC)
B23 – Petrópolis (RJ)
B24 – Therezopolis (RJ)
Novidade:
Therezópolis Diamant, uma Belgian Tripel de 9,5% de graduação alcoólica e 42 IBU.
Na trave:
Gold
– Elfenbein
– Ebenholz
– Jade
– Or Blanc
– Rubine
– Copper
B25 – Brooklyn (EUA)
B26 – Imigração (RS)
B27 – Bierbaum (SC)
Novidades:
Bierbaum Doppelbock Comemorator 500 anos, uma Doppelbock em comemoração dos 500 anos da lei de pureza. Edição especial. Poucos litros em chope. Terá um copo edição super limitada produzidas pela Cristal Blumenau.
– Bierbaum Märzen Rauchbier
– Bierbaum German Pilsner
– Bierbaum Doppel Vienna
Na trave:
Bierbaum Pilsen
– Bierbaum Gold
– Bierbaum Keller
– Bierbaum Vienna
– Bierbaum Bock
– Bierbaum Dunkel
– Bierbaum Weiss Helles
– Bierbaum Weizenbock
– Bierbaum Weizen Rauchbier
– Bierbaum Hopfen (chope com dry hopping feito no festival com lúpulo Cascade cultivado na cidade de Treze Tílias pelo Mestre Cervejeiro Rodrigo Zanini)
– Bierbaum Lager
– Bierbaum Abacaxi (Fruit Beer)
Ciganas Diabólica e Chacal:
– Diabólica Pale Ale
– Diabólica IPA
– Diabólica 13
– Chacal Munich Helles
– Chacal Pale Ale
B28 – Cervejaria Blumenau (SC)
B29 – Cervejaria Ópera (SP)
C1 – Sambaqui (SC)
C2 – Asgard (PR)
C3 – Sauber Beer (SP)
C4 – Cervejaria Urwald (RS)
C5 – Seasons (RS)
Novidades:
IPA das Galáxias (uma Double IPA com single hop de Galaxy)
– Lico Gose, a Saison Celsons, Hurricane (inspirada em uma Belgian Dark Strong Ale, com adição de melado e açucar mascavo, envelhecida em madeira),
– Barleywine Trojan lançamento exclusivo do festival, uma barley wine envelhecida em barris de whisky
– X-Bacon (uma Rauchbock produzida em parceria com a maltaria Weyermann)
– Alcatraz California Common.
C6 – ItBeer
C7 – Brotas Beer (SP)
Novidades:
– IPA Com Prazer, American IPA com 62 IBU e 6% de graduação alcoólica.
C8 – Weird Barrel Brewing Co. (SP)
Novidades:
Weird Barrel Bad LUCK (fruitbeer com amoras, framboesa, morango e pitanga)
– Weird Barrel Pirates FLIP (session IPA com gengibre)
– Weird Barrel Kapitän KLAUS (Abbey Weiss com levedura belga e dry hopping de Sorachi Ace)
– Weird Barrel Hard TACK (Summer Ale com dry hopping de Citra)
– Weird Barrel Fancy BURP (India Pale Ale)
– Weird Barrel Naughty GROG (Black IPA envelhecida em barris de rum)
C9 – Palta Cervejaria (PR)
C10 – Stuttgart Importadora
C11 – Ampólis (RJ)
– Biritis, uma Vienna Lager,cor alaranjada, com aroma e amargor de lúpulo moderado, com teor alcoólico de 4,8%.
– Cacildis, uma Premium Lager com teor alcoólico de 5%.
– DiTriguis, uma witbier, cerveja de trigo estilo belga, elegante, com 4.8% de álcool e que leva raspas de laranja e pimenta-da-Jamaica na receita.
C12 – Zehn Bier (SC)
C13 – Brasserie 35 (RS)
C14 – Cervejaria Itajahy (SC)
Novidades:
– American IPA Atalaia
– Maré Gose, leva trigo e semente de coentro em sua composição.
– Alles Brown, uma receita híbrida que mistura os estilos Brown Ale e English Mild.
– Witbier Moby Wit.
– Berliner Weisse Araçá Sour, com polpa da fruta.
C15 – Cervejaria Jokers (PR)
Novidade:
– Sour American Barleywine, cuja acidez foi atingida através do método Kettle Sour e do blend de fermentação comBrettanomyces. 10% e 71 IBU. Barril único.
C16 – Amazon (PA)
Cupulate Porter, uma Porter com Cupulate na maturação. Com 5,9% de teor alcoólico.
– Erva Chama Imperial IPA, uma Imperial IPA com erva Chama, com 8,6% teor alcoólico.
C17 – Karavelle (SP)
C18 – Way Beer (PR)
Novidades:
– Way Beer Gose, parceria com a cervejaria Stillwater, que leva Sal Marinho Brasileiro, extraído da região de Mossoró.
– Way Beer Eat My Berries, elaborada com morango, amora e mirtilo, e fermentada com Brettanomyces Bruxelensis Trois.
– Way Beer Dry Hopped Berliner Weisse
– Way Beer Sour Barley Wine, 12% , maturada em barris de Bourbon e Cachaça.
– Way Beer Purple High 5, produzida com 250 quilos de amora colhidas manualmente, resultando em um quilo da fruta para cada litro da bebida. Fermentada com Brettanomyces.
Way Beer Triple Wood Aged, é composta por três cervejas que foram maturadas em barris de amburana, castanheira e araribá por períodos de 8 a 18 meses. Depois, as três foram misturadas.15,5% de ABV.
– Way Beer Saison Red Wine Barrel Aged, Maturada em Barril de Carvalho Francês por 12 meses. O Barril foi usado antes na maturação do Vinho Cabernet Sauvignon.
Completam a trave:
– Way Beer Sour Me Not Caju
– Way Beer FarmHouse Gabiroba
– Way Beer FarmHouse Butia
– Way Beer Brett IPA
– Way Beer Imperial Mangue Stout
– Way Beer Amburana Barley Wine
C19 – Konigs (SC)
C20 – Tupiniquim (RS)– Cervejaria do Ano
Novidades e raridades:
Tupiniquim Monjolo Imperial Porter
– Tupiniquim Monjolo Aged in Whiskey
– Tupiniquim Saison Au Vin – Medalha de Bronze
– Tupiniquim Malagueta Imperial Stout
– Tupiniquim/DeMolen Domein & Control Imperial Stout
Completam a trave:
– Tupiniquim Monjolo Floresta Negra
– Tupiniquim Tirana Sour Ale
– Tupiniquim Tornado Triple IPA
– Tupiniquim O Grande Encontro
– Tupiniquim Extra Fancy IPA
– Tupiniquim Anunciação IPA
– Tupiniquim Chocolate
– Tupiniquim Oatmeal Stout
– Tupiniquim Weiss Maracujá
– Tupiniquim Citrus Bomb IPA
– Tupiniquim Mini Kilt Scotish Heav
– Tupiniquim Polimango Double IPA
– Tupiniquim PolimangA
– Tupiniquim Funky & Sour Ale
– Tupiniquim/Mestre Cervejeiro Double IPA
– Tupiniquim Honey Ale – Medalha de Ouro
– Tupiniquim Session IPA – Medalha de Bronze
– Tupiniquim Espresso
– Evil Twin Brazil Easy Come Easy Go IPA
– Tupiniquim Lost in Translation Brett IPA
– Tupiniquim Rye Pale Ale – Medalha de Prata
– Tupiniquim Saison de Caju
– Evil Twin Brazil Fumaça Smoked Lager
– Tupiniquim/Stillwater Clássica Tropical
– Tupiniquim Dubbel
– Tupiniquim Pilsen
– Tupiniquim Weiss
– Tupiniquim Red Ale
– Tupiniquim Pale Ale
C21 – Cervejaria Mea Culpa (SP)
Novidade:
Preguiça, Witbier com camomila e lúpulo Sorachi. Com 5% de ABV e 11 IBUs.
Na Trave:
– Gula, uma Blond Ale com 5,2% de ABV e 17 IBUs.
– Vaidade, uma American Pale Ale, com 5% de ABV e 32 IBUs.
– Ira, uma Imperial India Pale Ale com 8,2% de ABV e 92 IBUs.
C22 – Cervejaria Leopoldina (RS)
C23 – Cervejaria Von Borstel
C24 – Ogre Beer (PR)
Novidades:
– Jacu ao Quadrado, receita base da Jacu do Mato, uma Strong Lager, com adição do Café Jacu Bird, do Espírito Santo. 8,5% e 43 IBUs.
– Psycho Bitter, uma ESB clássica com o tradicional malte Maris Otter. 5,1% e 40 IBUs.
– Gengibier, uma Session IPA com adição de extrato de gengibre. 4,4% e 42 IBU.
Na trave:
– Über Lager, California Common com 5,2% e 45 IBUs. Medalha de Bronze.
– Chaparrita, Witbier com pimenta com 4,7% de teor alcoólico.
– Django Cigano, uma Belgian IPA com 7,3%.
– Caldo de Bituca, uma Rauchbier com 6,5%.
C25 – Bier Hoff (PR)
Novidades:
Bier Hoff Druida, uma Quadrupel que em seu primeiro teste ganhou uma medalha de bronze na Copa da Américas – Chile. Apresenta 10.5% de teor alcoólico e leva anis estrelado, noz moscada e pimenta da jamaica na receita.
– Bier Hoff Eclipse:uma Dark American Wheat que era servida apenas em chope na fábrica.
De linha:
– Bier Hoff/Karavelle Preto Véio:Uma Imperial Stout com 11,7% de teor alcoólico e maturada com lascas de cedro rosa com Cachaça.
– Bier Hoff Haka:Australian IPA com 6,5% de teor alcoólico.
C26 – Science of Beer
C27 – Cervejaria Küd (MG)
C28 – Cervejaria Blumenau (SC)
Novidades:
Watermelon Tart, uma Berliner Weisse de 3,8% ABV, com melancia.
– Leipzig Gose, uma Gose com 4,8% ABV, leva sementes de coentro na receita.
– Blanche de Blumenau, uma Witbier com o aroma dominado por laranja, com teor alcoólico de 4,8%.
– Session Brett IPA, fermentada com brettanomyces e produzida com dry hopping de Amarillo e Citra, possui 4,8% ABV.
Na trave:
– Ipê Amarelo
– Capivara Little IPA
– Capivara Double IPA
– Capivara Viva
– Frida
– Alemão Batata
C29 – Cervejaria Ópera (SC)
C30 – Cervejaria Heilige (RS) – 2º Lugar Cervejaria do Ano
Novidades:
– The Wall, Berliner Weisse
– Fresh & Führious, Berliner Weisse com uvas
– Emmet Brown American Brown
– No Creo em Brujas, Pumpkin Ale
C31 – Perro Libre
Novidades experimentais:
– Perro Libre West Coast IPA – Centennial
– Perro Libre West Coast IPA – Simcoe
– Perro Libre Morango Cacau Porter
– Perro Libre Coconut Porter
– Perro Libre India Pale Saison – Sorachi Ace
– Perro Libre India Pale Saison – Pekko
– Perro Libre India Pale Saison – Nelson Sauvin
– Perro Libre Red Rye IPA – Centennial
– Perro Libre Saison Quilquiña
– Perro Libre Brett Alecrim Saison
Na trave:
Perro Libre Session India Pale Lager
– Perro Libre American Pale Ale
– Perro Libre IPA
– Perro Libre 803 Black Rye IPA
C32 – Haus Dreizehn (SC)
C33 – Cerveja Imaculada (RS)
C34 – SWAMP Brewing (PR)
C35 – Brasil Kirin
C36 – Brasil Kirin
D1 – Cervejaria Karsten (SC)
D2 – Cerveja Madalena (SP)
D3 – Ashby (SP)
D4 – Kessbier Ind Com (MT)
Dois lançamentos em garrafa:
Kessbier Saison, com 6,8% ABV, elaborada com malte de centeio, suco de uva e anis.
– Liebfrauhopfez Weisse, uma Helles Weizenbock com 6,5% ABV, elaborada com o lúpulo alemão Huell Melon.
– Lote especial da Kessbier Belgian Mango, refermentada com levedura de Champagne, com 10% ABV e 25 IBU.
D5 – H. Martin
D6 – Faixa Preta (SC)
D7 – Rasen Bier (RS)
Novidades:
– Rasen Braza, uma American Pale Ale feita em parceria com Marcos Bassi, para harmonizar com churrasco.
Na trave:
Rasen Pilsen
– Rasen Dunkel
– Rasen Weizen
– Rasen Strong Golden Ale
– Rasen Ambar
– Rasen BaguaL (Brown Ale)
D8 – Klein (PR)
D9 – On Trade
Novidade:
– Trooper 666, English Bitter, com 6,6% de teor alcoólico. (Garrafa).
D10 – Backer (MG)
D11 – Fagga
D12 – Handwerk (SC)
D13 – Best Beers
Novidades (somente em garrafa, mas servirão doses):
– Fantôme Tonka, uma Saison com especiarias brasileiras feita em parceria com a Morada Etílica (PR), 8%ABV.
– Dieu du Ciel  Solstice d’Été, uma Berliner Weisse com framboesa de 5,9%.
– Dieu du Ciel D’Hiver, uma American Barleywine de 10,2%.
– Dieu du Ciel D’Isseki Nicho, uma Imperial Dark Saison de 9,5%.
D14 – Coruja (RS)
Novidades:
– Albassauro, versão da cerveja de trigo acidificada naturalmente em barril de carvalho.
– Baca foi pro Brett, a já conhecida Baca (Lager com pitanga) mistura-se a frutas vermelhas no barril de carvalho
– Saison com Vinho Natura, produzida em parceria com Eduardo Zenker, da Vinhas da Loucura.
D15 – Cerveja Colombina (GO)
D16 – Saint Bier (SC)
D17 – Cervejaria Dom Haus (SC)
D18 – Sud Birrificio (RS)
Novidades:
– Sud Dark Strong Ale de 11% Maturada em barril de carvalho
– Sud Tripel de 8,4% . Maturada em barril de carvalho.
D19 – Opa Bier (SC)
D20 – Cerveja Província (RS)
D21 – Falke Bier (MG)
D22 – Cevada Pura (SP)
Na trave:
American IPA
– Brown Ale Café&Cacau
– Pilsen Lemondrop
– Weizenbier
D23 – Bayer Bier (SC)
D24 – Burgman (SP)
Novidades:
– Burgman Sid – English Pale Ale | 4% ABV
– Burgman Fumacê – Smoked Weiss maturada em barril de carvalho
– Burgman Saravá – Imperial Stout maturada em barril de carvalho
– Burgman Red Ale – maturada em barril de carvalho
D25 – Cervejaria Fil (RS)
D26 – Ravache (SP)
D27 – Cristaleria Ruvolo
D28 – Blauer Berg
D30 – Cervejaria Baldhead (RS)
D31 – Strauss Bier (SC)
D32 – Edelbrau (RS)
D33 – Elementum (RS)
D34 – Krug Bier (MG)
Novidades:
– American Pale Ale Calúnia (5,4% ABV)
– Russian Imperial Stout Remorso (9% ABV)
– Extra Special Bitter Sarcasmo (6% ABV)
– Tripel Inocência (8% ABV)
– IPA Rancor (5,2% ABV)
D35 – Wunderbier
D36 – Cervejaria Weinmann (SC)

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas. Leia mais sobre ele aqui e conheça oClube BarDoCelso.com aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *