Home » Reportagens » ØL Beer lança Double NEIPA Cloudy Hops

ØL Beer lança Double NEIPA Cloudy Hops

Na minha última passagem por Curitiba fui surpreendido com um convite muito legal para visitar a cervejaria ØL Beer e conferir em primeira mão a nova cerveja, a Double NEIPA Cloudy Hops. Já havia escrito sobre a ØL Beer, de passagem, quando anunciei aqui o Kvass que eles realizaram em parceria com a Ogre Beer, Vosgerau e a Slow Bakery/La Panoteca. Uma das coisas que me chamou atenção nessa história foi o crescimento desse novo “braço” cervejeiro em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e resolvi ir.

E que bom que aceitei. Pude conferir uma cervejaria novinha e folha, muito limpa e organizada, com um tom de profissionalismo admirável. Além disso, uma cerveja muito gostosa e aromática, perfeitamente enquadrada no estilo Double NEIPA, com amargor limpo e aromas de frutas amarelas e cítricas, corpo alto e cremoso. Algo nada fácil de fazer, ainda mais com 9% de álcool e 100 IBU.

Øl Beer lança Double NEIPA Cloudy Hops

Aliás, soube enquanto escrevia essas linhas, que todo o lote já se esgotou na cervejaria e agora está nos bares que começam a vender a cerveja a partir desta sexta-feira, 10 de agosto. A lista de bares com a cerveja está no final desse texto.

Mas me deixe falar um pouco mais de como cheguei nessas conclusões.

De caseiros para profissionais

Ao chegar na cervejaria, fui recebido pelo casal de sócios Eduardo Vosgerau, 27 anos, e Isadora Neier, 23. Eles me levaram para conhecer as instalações. Uma brassagem de 1 mil litros acompanhada por 26 mil litros de capacidade em tanques, envasadura de chope e garrafas, pasteurizadora, e um espaço muito bacana de eventos em um deck, do lado de fora da cervejaria, para receber os visitantes aos finais de semana. Tudo muito bonito e perfeitamente organizado.

Eduardo contou que a marca surgiu pela primeira vez em março de 2017 como uma cervejaria cigana. Mas já em outubro do mesmo ano a fábrica ficou pronta e toda a produção se concentrou por lá. Ou seja, a cervejaria ainda tem cheiro de “carro novo”.

Eles contaram que a história da ØL Beer é como de muitos cervejeiros. A paixão pela cerveja nasceu das panelas da cerveja caseira em um curso de um fim de semana. No entanto, os dois se aprofundaram no hobby e logo viram que havia a possibilidade real de transformar aquilo em um negócio maior.

“De início, a ideia era algo bem pequeno, com uns 200 litros de brassagem, só para começar. Mas estudando melhor, vimos que não seria viável comercialmente”, explica Eduardo. “Fomos estudar e nos formar cervejeiros na Escola Superior de Cerveja e Malte, em Blumenau, e logo o projeto cresceu”, diz.

O sonho se realizou com a entrada de investidores, que trouxeram o dinheiro. Eduardo e Isadora ficaram, então, responsáveis pela operação diária da cervejaria. O tempo de cigano foi usado como um teste para conhecer as percepções do mercado e como atuar nele.

Das cervejas e o nome

Já com um um copo na mão, vi Eduardo e Isadora me mostrarem, orgulhosos, os novos “filhos” da cervejaria. Começamos com a Cloudy Hops, o que deixou uma ótima primeira impressão: cremosa, aromática e com amargor na medida, garantindo uma experiência deliciosa.

Ela vem compor a linha sazonal da cervejaria, composta também por uma deliciosa Oatmeal Stout (foi meu segundo copo) e uma Belgian Tripel com cascas de laranja, limão e sementes de coentro maturada com cubos de carvalho, que será lançada no próximo sábado (18 de agosto) no evento The12beers, e estará disponível nos bares na sequência. Hoje a ØL Beer também conta com quatro cervejas de linha: Pilsen, APA, Witbier e Belgian IPA.

Isadora me contou também sobre o nome e marca. “ØL significa cerveja em dinamarquês. Nós adoramos, por ser um nome fácil de falar e bacana. Então ficou. E isso trouxe a ideia da logo, que representa a popa de um barco viking”, conta.

Crescer de forma sustentável

Para o futuro o plano é crescer de forma sustentável, diz Eduardo. Rápido, mas de forma consistente. As garrafas vão ganhar mais foco e nova identidade visual. Já o número de cervejas vai crescer.

Também não pude deixar de notar que a cervejaria tem espaço de sobra para crescer com a instalação de mais tanques de uma forma relativamente fácil e rápida. Um plano esperto para garantir o futuro. A equipe é enxuta, com 9 pessoas, mas facilmente ampliável. E também há possibilidade de terceirizações de longo prazo.

Entre provas de cervejas e mais papo, tive que me despedir. Mas com uma ótima impressão. E a certeza de que ainda vamos ouvir falar muito dessa ØL Beer, que já evoluiu tão rápido e promete muito mais para o futuro.

Lista de bares que terão Cloudy Hops:

• Old Car Brewpub – R. Antônio Lago, 216 – Boa Vista
• Über Ale Micropub – R. Tomazina, 345 – Loja 2 – Ahú
• Hendrix Brew House – Rua Alberto Bolliger, 721 – Juvevê
• Golden Mile – R. Itupava, 1299 – Alto da Rua XV
• Redface Brewpub – R. Itupava, 1266 – Alto da Rua XV
• Schmitz Bierhaus – R. Guaratuba, 337 – Ahú
• Cervejaria Curitibana – R. Nestor Victor, 400 – Água Verde
• Kadan Cervejas Artesanais – R. Alferes Poli, 1129 – Rebouças
• Chewie Burger and Beer – R. Dezenove de Novembro, 266 – Centro, Pinhais
• Punk Hop Cervejaria – R. Paraíba, 3703 – Loja 4 – Guaíra
• In The Box – R. Guaianazes, 882 – Loja 2 – Vila Izabel
• Siphon Growlers – R. Gutemberg, 351 – Batel
• The Fish n Chips English Pub – R. Cel. Dulcídio, 739 – Batel
• Hambúrgueria Água Verde – Av. dos Estados, 630 – Água Verde
• Academia das Cervejas – Av. Sen. Souza Naves, 851 – Alto da Rua XV
• Fermentaria – R. Dr. Alexandre Gutierrez, 711 – Água Verde
• Wal Halla – Av. José Gulin, 105 – Bacacheri
• Barba Hamburgueria – Avenida Vicente Machado, 578 – Batel

Esse post é um publieditorial.
Entre em contato para saber mais sobre as nossas possibilidades de anúncios.

About Luís Celso Jr.

É jornalista, sommelier, juiz e consultor de cervejas. Fundou o BarDoCelso.com em 2006 e desde então se especializou cada vez mais, sendo hoje um dos principais e mais experientes profissionais do Brasil. Ficou em 3º lugar no 1º Campeonato Brasileiro de Sommelier de Cerveja, em 2014, e 6º nas duas edições seguintes. Foi um dos representantes do Brasil na 4ª edição do Campeonato Mundial de Sommeliers em 2015. Saiba mais sobre os serviços do BarDoCelso.com ou sobre o Celso .

Check Also

Double chopp artesanal em Curitiba: confira nossa lista dos locais com promoção double!

Através da indicação de amigos – obrigada! – e pesquisas no Facebook, conseguimos montar uma …

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE