Livros para bebemorar o Dia da Biblioteca

A leitura é uma fonte inesgotável de prazer. Além de ser importante culturalmente, é comprovado que o hábito da leitura causa bem-estar mental. Os mosteiros tiveram um papel fundamental em começar guardar informações sobre as Civilizações. Eles foram uns dos primeiros a começar a armazenar todos estes dados, e a cultura de muitas sociedades, como a grega e a romana, foram preservadas pelo trabalho dos monges copistas.

Livros sobre cerveja: confira a lista completa de obras publicadas no Brasil em português

Mas os monges foram fundamentais não apenas na arte copista, também foram e ainda são grandes produtores da bebida mais conhecida mundialmente: a cerveja. Hoje, 9 de abril, é o Dia da Biblioteca, e nós escolhemos mais alguns títulos de livros que abordam o tema cerveja e esse vasto mundo de aromas e sabores a ser descoberto.

Na semana passada, publicamos os 13 livros de cerveja indispensáveis, não perca a chance de conhecer esses clássicos!!!

Agora, confira alguns lançamentos:

A REVOLUÇÃO DA CERVEJA ARTESANAL (Steve Hindy)

Como um grupo de microcervejeiros está transformando a bebida mais apreciada do mundo? Neste livro, o cofundador da pioneira Brooklyn Brewery, Steve Hindy, conta histórias dos bastidores de empreendimentos como Samuel Adams, Deschutes Brewery, New Belgium e Dogfish Head, de seus locais de origem às disputas desiguais com as grandes cervejarias, além das complicadas leis que ajudaram, mas também atrapalharam, esses microempresários. Nos últimos cinquenta anos, o consumo de cerveja artesanal passou por um crescimento gigantesco. Hoje existem mais de 2.700 cervejarias artesanais nos Estados Unidos, enquanto mais outras 1.500 estão surgindo; e a influência da cerveja artesanal norte-americana chegou às grandes nações cervejeiras, incluindo o Brasil.

A-Revolução-da-Cerveja-Artesanal

CERVEJA EM CASA (Christina Perozzi e Haullie Beaune)

Cerveja em Casa mostra como fabricar cervejas saborosas, interessantes e inovadoras no conforto de sua casa. Para os cervejeiros iniciantes ou experientes, este é um livro com dicas valiosas onde Christina Perozzi e Hallie Beaune ensinam receitas de cervejas que certamente agradarão aos mais diversos paladares e estilos. Desde cervejas mais leves como as blondes e a black smoke pale até cervejas mais encorpadas como brown ales e dubbels, o livro traz receitas especiais para cada época do ano. Ainda há dicas e receitas de harmonizações para acompanhar as suas criações.Cerveja-em-Casa-01

BRASIL BEER – O GUIA DE CERVEJAS BRASILEIRAS (Hélcio Drumond e Henrique Oliveira)

No livro Brasil Beer você vai descobrir onde estão as melhores cervejas feitas de Norte ao Sul do país, onde os autores mapearam e catalogaram praticamente todas as cervejarias, microcervejarias e associações de cervejeiros artesanais que atualmente existem no Brasil. São produtos com cores, aromas e sabores distintos dos convencionais, produzidos em menor escala, com qualidade superior e sempre com o olhar do dono do negócio. Além disso, vai descobrir os principais roteiros reunidos por região do país, estado e cidade, que poderão ser percorridos para se encontrar uma boa cerveja, onde quer que você esteja. São mais de 450 cervejas, e mais de 120 locais em que se pode beber o precioso líquido. Você também obterá dados da região, indicações de hotéis e locais onde ficar, serviços de táxi e tudo o mais que você precisa saber para fazer um verdadeiro tour cervejeiro.brasil-beer

CERVEJA FEITA EM CASA (Greg Hughes)

Com orientações práticas sobre as técnicas de produção e 100 receitas de diversos estilos, o experiente cervejeiro britânico Greg Hughes ensina como fazer cerveja artesanal – uma atividade divertida e gratificante para quem é apaixonado pela bebida. Hughes descreve as variedades de maltes de cevada, centeio e trigo; explica sobre os açúcares, as leveduras, a função do lúpulo e as características de cada espécie; revela a importância da qualidade da água na fabricação; e discorre sobre os ingredientes que dão sabor e aroma à bebida, como ervas, frutas e especiarias. Neste livro, ele apresenta três métodos de produção, do mais simples ao mais complexo, e ensina sobre a limpeza e a esterilização dos equipamentos, os utensílios necessários, os estágios da fermentação, o armazenamento e o envase.

Cerveja-feita-em-casa

CERVEJAS, BREJAS E BIRRAS – UM GUIA PARA DESMISTIFICAR A BEBIDA MAIS POPULAR DO MUNDO (Mauricio Beltramelli)

Nesta obra você encontrará a trajetória da bebida mais popular em terras tupiniquins. A partir do trabalho desenvolvido pelas cervejarias artesanais, o autor Mauricio Beltramelli, mestre em estilos de cerveja e editor do site Brejas, ajudará tanto iniciados quanto leigos a descobrir tudo sobre os mais de 100 tipos de cervejas existentes no mundo, por meio de uma linguagem simples e divertida, como numa conversa de amigos entre um chope e outro. Ao mesmo tempo em que apresenta as tradições e o que existe de melhor sendo feito pelas grandes cervejarias mundiais, Beltramelli destaca a qualidade das promissoras microcervejarias artesanais brasileiras e desfaz mitos que há muito povoam as conversas de bar. Uma viagem saborosa entre as garrafas desse líquido precioso, inventado meio sem querer por mulheres da Idade da Pedra.

cervejas-brejas-birras

FILOSOFIA DE BOTEQUIM – 48 QUESTÕES FILOSÓFICAS PARA ACOMPANHAR SUA CERVEJA (Matt Lawrence)

Todo mundo é um pouco filósofo de botequim, e divagações sobre a vida sempre ficam mais interessantes quando acompanhadas por uma boa cerveja. Pensando nisso, o professor de filosofia Matt Lawrence escreveu ‘Filosofia de Botequim’, um livro que junta de forma bem-humorada paradoxos essenciais ao gosto pela bebida. Para cada problema filosófico é recomendada uma cerveja, entre variedades claras e escuras do mundo inteiro. O conceito divertido embute um papo sério. Você será estimulado a degustar com vagar e atenção cervejas excepcionais, ao mesmo tempo em que aprofundará seu conhecimento de questões filosóficas fundamentais, propostas pelos grandes pensadores da história. Temas que são verdadeiros enigmas, como livre-arbítrio, natureza humana e existência divina, rendem ébrias e produtivas reflexões, para quem é, ou pretende ser, um autêntico filósofo de botequim. Ao final, um saboroso anexo com 12 cervejas brasileiras especiais, para você, quem sabe, discutir se Deus é mesmo brasileiro.filosofia de botequim

O GRANDE LIVRO DA CERVEJA (Tim Hampson)

Essa obra faz uma viagem pelos quatro cantos do planeta, revelando as mais excepcionais cervejas existentes em diversos países, tanto de produtores tradicionais de marcas clássicas como dos mais novos e arrojados mestres cervejeiros, contando a origem da bebida e sua evolução ao longo dos séculos. Explica o processo de fabricação, da maltagem à maturação; e classifica os diversos tipos de cerveja analisando suas características, como coloração, sabor e teor alcoólico. Ensina ainda como degustar a bebida e como harmonizar cada estilo com diversos pratos. Aborda os principais festivais de cerveja pelo mundo e reúne os mais importantes produtores da Europa, das Américas, da Ásia, da Oceania e da África, com informações sobre centenas de marcas e as notas de degustação das variedades indicadas.

o grande livro da cerveja

OS PRIMÓRDIOS DA CERVEJA NO BRASIL (Sergio de Paula Santos)

Muito se tem escrito sobre a cerveja, sobre sua origem, sua história, da Antiguidade suméria aos nossos dias, dos vários tipos de cerveja, das estatísticas dos maiores produtores e consumidores, das cervejarias de todo mundo etc. Pouca coisa, entretanto, tem sido divulgada sobre a cerveja no Brasil e menos ainda sobre sua história no país. A documentação relativa à cerveja no Brasil colonial é esparsa e polimorfa. Com o aparecimento no final do século XIX das duas grandes cervejarias, Antarctica em São Paulo e Brahma no Rio de Janeiro, a documentação foi abundante, mas oficial. Na Antartica o desentendimento entre os herdeiros dos fundadores resultou em disputas judiciais que duraram décadas e fizeram cair sobre a direção da empresa uma cortina de silêncio. Para que pudéssemos conhecer alguns detalhes, foi necessário recorrer aos descendentes dos litigantes, aos autos dos processos e mesmo aos testamentos dos fundadores da empresa.

os primordios da cerveja no brasil

nv-author-image

Luís Celso Jr.

Luís Celso Jr. é jornalista e sommelier de cervejas premiado. Também é professor, juiz e consultor de cervejas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *